segunda-feira, 20 de março de 2017

SOMOS TODOS REFUGIADOS/IMIGRANTES

Ante a polêmica internacional a respeito dos refugiados/imigrantes, suscitada, ultimamente, pelo recém-Presidente eleito do EEUU, uma pergunta nos surge espontaneamente: - Sobre a Terra, quem, de certa maneira, não pode ser considerado na condição de um refugiado/imigrante?!
A quem, originalmente, pertencia os diversos países, a não ser aos nativos, que foram, sucessivamente, espoliados pelos invasores?!
Desde que Adão e Eva foram expulsos do Paraíso, todos os homens são refugiados/imigrantes na Terra.
Sob a ótica da Doutrina Espírita, à semelhança do que conta Jesus na Parábola do Filho Pródigo, todos somos espíritos errantes, na tentativa de retornar à Casa Paterna.
Vejamos a Sabedoria de Deus, na Lei da Reencarnação: a rigor, quem pertencerá a esse ou àquele planeta, país, raça, sexo, cultura, etc?! Periodicamente, no corpo ou fora dele, não vivemos na condição de refugiados/imigrantes, a fim de que aprendamos o amor universal?!...
Neste sentido, no livro “Nosso Lar”, com a sua própria experiência de espírito desencarnado, André Luiz, igualmente, nos transmite extraordinária lição.
Em “Nosso Lar”, o grande cientista, era também um estrangeiro, não dispondo sequer de uma casa para morar.
Além da morte do corpo carnal, não se deparou ele, de imediato, com nenhum de seus familiares, ou mesmo de amigos mais chegados que se dispusessem a acolhê-lo.
Por caridade, ou seja, pelo exercício da legítima fraternidade, que nos ensina que todos somos membros da mesma família humana, é que André foi convidado a morar na casa de Dona Laura, mãe de Lísias, que ele conhecera no hospital, onde, na condição de indigente, estava sendo tratado.
Vocês se recordam da beleza dessa magnífica lição?!
Um dia, com certeza, todos os homens se verão assim, do Outro Lado da Vida, à mercê da generosidade alheia.
Não é exatamente assim que nos vemos, quando a reencarnação nos encaminha de volta a Terra, totalmente indefesos, na completa dependência de quem, inclusive, nos dê alimento na boca para que possamos sobreviver?!
A discussão política em torno da questão social dos refugiados/imigrantes sinaliza o quanto ainda há de preconceito no espírito do homem, e o quanto ele ainda está distante do “amai-vos uns aos outros”.
Quando fugia da fúria de Herodes, a fim de não ser morto, não foi o Cristo um exilado em terras do Egito?!
Durante mais de quatro séculos, o povo judeu morou no Egito dos faraós, e hoje, sistematicamente, nega um pedaço de terra aos palestinos, que são seus irmãos.
Até hoje, ao que nos parece, Sara não conseguiu relevar a falta cometida por Abraão, por ele ter tido um filho com Agar, a escrava, não reconhecendo que Ismael e Isaque são irmãos.
Ao que nos parece, até que a lição, que a Lei Divina está proporcionando à Humanidade com a questão refugiados/imigrantes, possa ser assimilada, haverá para ela muito pranto e ranger de dentes.

INÁCIO FERREIRA

Uberaba – MG, 20 de março de 2017.












19 comentários:

  1. Pois é Dr. Inácio, somos aves sem ninho. Necessitados de socorro e amparo fraterno. Estamos vivendo na terra uma grande oportunidade de crescimento humanitário, independente da religião. Bjs em ti e no Baccelli.

    ResponderExcluir
  2. Bom dia dr Inacio e Baccelli
    Fico pensando aqui que todos os dias a verdade nua e crua está diante de cada um de nós
    Talvez a maior verdade que conhecemos no planeta terra que é uma verdade indiscutível é a morte..
    Ela vai acontecer para todos independente de raça religião cor posição social
    Então dr Inácio penso que falta essa conscientização
    A de que chegamos sozinhos e vamos embora sozinhos
    E que talvez um dos grandes impedimentos de real fraternidade entre os homens seja esse exclusivismo tipo MEU PAI...MINHA MÃE..MEU FILHO..MINHA FAMÍLIA...MEU...MEU
    As pessoas se colocam numa redoma de vidro e escolhem quem entra nela
    Daí um dia vem a dona morte regressamos e após um tempo voltamos em outro lugar..com outras pessoas..
    Então mesmo que as pessoas façam exclusão de pessoas a vida sabiamente nos coloca onde precisamos...
    Somos como o senhor disse o filho pródigo voltando para a casa Do Pai..
    Não estamos aqui para viver exclusivamente com certas pessoas e sim para aprender a viver e conviver com todos que cruzam nosso caminho..e que ainda vão cruzar..
    Jesus nos ensinou isso ao dizer:
    Quem é minha mãe? Quem são meus irmãos?
    Muitos de nós ainda não entendemos essa lição a de que hoje estamos aqui..amanha renasceremos onde nossas necessidades nos atrairem..
    Mas onde será nosso lugar dr Inácio?
    Será que o Espírito imortal tem um lugar específico?
    Acredito que não...
    Afinal na simplicidade das palavras Deus está em todos os lugares..
    E como nos ensina Tiago *mas se fazeis acepção de pessoas..cometeis um pecado*...
    Precisamos uns dos outros
    Não existe exclusivismo no Reino De Deus...
    E como nos ensinou Emmanuel:
    *convivendo com tudo e nada tendo..com todos e sem ninguém*
    A única certeza que temos Dr Inácio é a de que conviveremos com nós mesmos por toda a eternidade..
    Nós somos sim refugiados..imigrantes
    Vivendo no momento onde nossa condição evolutiva nos permite viver
    E como sempre dr Inácio falta-nos esclarecimento..que muitos de nós nos esquivamos de buscar..
    E assim caminha a humanidade..com passos de formiga e sem vontade.. (Lulu Santos)
    Beijos
    Ótima semana para todos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gostei dos comentários. O entendimento da reencarnação tende a nos elevar a um patamar mais feliz, onde o amor já teria nos levado muito mais rápido.

      Excluir
  3. Dr. Inácio,concordo em absoluto que há muito preconceito no espírito do homem e que está muito distante do "amai-vos uns aos outros". Os preconceituosos se fizessem uma análise ao seu DNA surpreender-se-iam com a constatação da variedade de raças a que já pertenceram e se renderiam à sabedoria de Deus que nos criou igualmente simples e ignorantes com o propósito de nos amarmos uns aos outros, condição indispensável para fazermos a viagem de regresso como Filhos Pródigos. Muito grata pela reflexão. Abraço carinhoso à equipa. Noemia

    ResponderExcluir
  4. Bom dia Dr. Inácio e Baccelli. Vai muito além o dia em que os homens poderão mostrar graças a Deus por tudo que Ele nos concede. Até que nos entendamos como irmãos e que dependemos de uns aos outros para sobreviver então haverá ainda, muitos sofrimentos, muito ranger de dentes, muitas lágrimas... Um forte abraço. Aécio E. César

    ResponderExcluir
  5. Sei, Dr. Inácio, que, graças a Deus, sou bisneto de italianos, sírios, negros e portugueses. Essa origem tão diversa sempre me impediu de cogitar qualquer preconceito racial. Se me coubesse decidir, aboliria todas as fronteiras nacionais e proclamaria o advento de uma só nação/raça: a humana! No plano espiritual quem nos assiste é Pai Tomé e Vovó Ana, dois pretos-velhos, Terezinha e Julinha, duas "crianças" negras, além do índio Caboclo do Mato, do meu avô sírio, Kalil, e por aí vai. Enfim, graças a Deus a vida não me deixou espaço para preconceito racial. Por isso, me chateio e indigno quando vejo manifestações de preconceito racial. Abraço, Antonio Baracat

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse blog tinha que ter um botão "curtir" para os comentários! Curti :)

      Importante frisar que se formos considerar a humanidade desencanada, a variedade de, digamos, "formas de ser e de se expressar", é imensa. Isso é tão maravilhoso, tão rica essa variedade... Dada a nossa indigência espiritual, se todos fôssemos iguais, seria equivalente a decretar a mediocridade da existência humana

      Excluir
  6. Bom dia, Amigos Espirituais, visíveis e invisíveis! Amor, Luz e Paz! Presos e refugiados. Perguntar-se-á: - "Francisco Cândido Xavier psicografou alguma mensagem de Emmanuel sobre o tema refugiados?". Bem, a resposta poderá ser obtida folheando o livro "Caminhos de Volta" (GEEM, 1ª edição, 1975), mensagem "Refugiados", de Emmanuel. Esta surgiu como resultante do questionamento de pessoas amigas a um das reuniões dirigidas por aquele médium em Uberaba, MG. Na ocasião, a pergunta 799 de O Livro dos Espíritos foi lida. Na mesma obra, lê-se o tema "Prece por libertação", mensagem de Maria Dolores, psicografada durante uma visita de Chico Xavier e amigos ao presídio de Uberaba. Neste oportunidade, antes da mensagem psicografada foi lido o item 12 de OESE-XXIV. Tempos depois, esta mensagem e visita de Chico Xavier foi relembrada no livro "Chico Xavier: o médium dos pés descalsos" (Vinha de Luz, 1ª edição, abril 2011), capítulo 1 - Reunião inesquecível. Hoje, cada um de nós foi 'surpreendido' com a mensagem semanal do Dr. Inácio Ferreira (IF) convidando-nos a pensar "...Sobre a Terra, quem, de certa maneira, não pode ser considerado na condição de refugiado/imigrante?! (...)". Bem, a Lei da Reencarnação (um dos títulos de livros psicografado por Domingas e publicado pela LEEPP), juntamente com "O Livro dos Espíritos" e "O Evangelho segundo o Espiritismo" a entender e compreender os mecanismos da Lei de Deus em nós! Deus os abençoe, nobre Irmão IF, Domingas e outros em torno do médium C.A.B.! Um abraço fraternal! Cadichon Pirilampo.

    ResponderExcluir
  7. Bom dia!! Na paz! Tá tudo certo!! Perfeita - e não poderia ser diferente - mais uma inserção sua Dr. nas grandes mazelas humanas!!.
    Certamente, esses mesmos "ciúmes" ocorrem também , interplanetariamente!!. pois temos também, refugiados e imigrantes em Marte, Júpiter, etc..., e até mesmo em outras galaxias e sistemas solares ainda desconhecidos. Imaginem!!. como deve ser os espíritos de Júpiter, com preconceito e barrando a entrada de refugiados e imigrantes vindos de Marte e tentando se estabelecer em Júpiter??!! Ninguem merece viu!!!. Sim, porque, segundo ESE, em nosso sistema solar, Júpiter é o mais evoluído e Marte o mais atrasado!!. Esses rivalidades, começam no próprio lar e estende-se mesmo universalmente. Mataste a xarada meu , "velho" estudioso: ( ate hoje, Sara não aceitou a "traição" de Abraão ) Sexo, traição!!, essas as duas maiores desafios do espirito para conseguir sua ascensão ao mundo maior!. Isso é básico: Inevitável, obvio, constatado e provado por inumes vezes, nenhum espirito, conseguiu uma evolução mais acentuada, sem antes, abdicar-se TOTALMENTE, mão do SEXO!!!. Todos, absolutamente TODOS, nós , teremos de fazer tal abdicação!! Cada um, no seu tempo né!!!.

    ResponderExcluir
  8. Bom dia à todos, realmente muito nos falta para entender a forma ideal de se conviver seja nesta ou em qualquer outra "forma" de humanidade, infelizmente só entendemos melhor quando estamos do lado dos necessitados, mas mesmo assim com o tempo nossa memória meio que se esquece dos tempos difíceis, por isso vivemos nesse círculo vicioso de encarnar/desencarnar quase sempre nas mesmas condições, um abraço, Clarivaldo,

    ResponderExcluir
  9. Boa tarde, Amigos Espirituais, visíveis e invisíveis! Amor, Luz e Paz! Dia Internacional da Felicidade. Além da mensagem semanal, leiamos as notícias "20 de março: Dia Internacional da Felicidade" (16-03-2017 17h21) e "Brasil é o 22º país mais feliz do mundo, aponta relatório" (20-03-2017 10h28-12h01), publicadas no site Terra. Leiamos essas "orientações" e vejamos quanto nos cabe alcançar completamente o que o último parágrafo da mensagem do Dr. Inácio Ferreira nos sinaliza a realizar! Um abraço fraternal! Cadichon Pirilampo.

    ResponderExcluir
  10. Bom dia, Amigos Espirituais, visíveis e invisíveis! Amor, Luz e Paz! Pior crise humanitária. Muitos dos seres humanos (Espíritos, gentes, pessoas, mentes, etc...) desejam 15 minutos de fama através dos meios de comunicação e outros recursos humanos. Neste contexto e no da mensagem semanal do Dr. Inácio Ferreira (IF), sugerimos uma leitura atenta da notícia "Os 15 minutos que salvaram menino em crise que afeta sobrevivência e futuro de uma geração" (21-03-2017 06h17 - Notícias - Mundo" que os sites Terra e BBC Brasil.com divulgaram hoje. Todos nós somos um Ali (9 anos, Somália), Nouraldin (5 meses, Iêmen) e Fátima, Salim, etc... Nossos irmãos em evolução neste abençoado Planeta Espiritual chamado Terra, embora observemos "Mundo vive maior crise humanitária desde 1945, diz ONU" (noticiário online de 11-03-2017). Os fatos estão diante de todos nós! Como nós devemos interpretar esses fatos? Bem, um primeiro modo é olharmos diante do espelho de nossa consciência espiritual milenar! Outra resposta? A mensagem do IF ilumina a questão! Um abraço fraternal! Cadichon Pirilampo.

    ResponderExcluir
  11. Sem comentários.
    Boa tarde!

    ResponderExcluir
  12. Bom dia, Amigos Espirituais, visíveis e invisíveis! Amor, Luz e Paz! Refugiados na carne. Observemos o pensamento vivo do Dr. Inácio Ferreira (IF) ao longo destes últimos anos. Referimo-nos à mensagem "Refugiados - teste aferidor" (21-09-2015 05h13), psicografada no http://inacioferreira-baccelli.zip.net e inserida em "Dr. Inácio, ele mesmo!" (LEEPP, 1ª edição, ago 2016). Nela, permitam-nos transcrever, o Dr. IF grafou: "A grande questão dos refugiados, (...), parece-nos mais, (...), um teste aferidor para toda a Humanidade..." Mais adiante, no último paragrafo, ele assinalou: "(...) Esquecem-se, quase todos, que, mais cedo ou tarde, na condição de refugiados na carne, haverão de demandar os mais diferentes sítios nos Planos Espirituais adjacentes, onde, inegavelmente, encontrarão portas abertas ou cerradas conforme eles as mantiveram abertas ou cerradas às necessidades do próximo." A mensagem está claríssima: não construamos muros de todos os tipos para nós e para os outros! Esses fatos não estão avaliando cada um de nós, isto é, aferindo o nosso modo de pensar, sentir, agir e reagir diante do amor a Deus, ao próximo como a si mesmo? Pensemos, pensemos e pensemos! Um abraço fraternal! Cadichon Pirilampo.

    ResponderExcluir
  13. Bom dia Dr. Inácio e Baccelli!!
    Tudo bem?

    Verdade doutor somos todos imigrantes dentro deste contexto chamado VIDA, não há morada fixa. Migramos para onde nossa sintonia aponta.
    DEUS na sua infinita sabedoria e bondade permite que nos desenvolvêssemos e vamos aonde aponta com nossa vibração.

    Obrigado Dr. Inácio e Baccelli!!

    Excelente fim de semana para todos nós!!

    Fiquemos com o BOM DEUS!!

    Carlos A. Gomes

    ResponderExcluir
  14. Bom dia, Amigos Espirituais, visíveis e invisíveis! Amor, Luz e Paz! Exemplo de aceitação e contribuição. Permitam-nos divulgar o artigo "O estudante de 17 anos que corrigiu dados da NASA" (23-03-2017), que foi publicado no BBC Brasil.com, item "Ciência". O nome do estudante é Miles Soloman, que reside na cidade de Sheffield, localizada no norte da Inglaterra. Em suas observações dirigidas àquela Agência Espacial americana, Soloman relatou que "...sensores da estação espacial gravava dados falsos...". Essa atitude desse jovem é uma ilustração de que cada um de nós deve contribuir com o que sabe ou imagina saber e, também, devermos ser capazes de aceitar a opinião dos outros. Nessa linha de pensamento, Emmanuel brindou-nos com a mensagem "Trabalho, solidariedade e tolerância" (livro "Luz no Caminho". IDEAL). Nela, o Amigo Espiritual une o pensamento vivo de Jesus Cristo com o de Allan Kardec! Nesta obra, podemos ler "Terra, nossa escola"! Realmente, todos nós estamos matriculados em "Um Mundo Espiritual chamado Terra" (LEEPP, abril 2016). Um abraço fraternal! Cadichon Pirilampo.

    ResponderExcluir
  15. Migrantes interdimencionais,internacionais,temporais,internacionais,de classes,de castas,de sexos,de Héracles.tudo pela experiência evolutiva com amor,dor e sabedoria divina.A caminho da Luz....

    ResponderExcluir
  16. Bom dia, Amigos Espirituais, visíveis e invisíveis! Amor, Luz e Paz! Hora do Planeta. Hoje (26-03-2017 08h07), o site Terra divulgou a notícia "Hora do Planeta é lembrada em número recorde de países" (Notícias - Ciência - EFE). O que significa para cada um de nós essa 'Hora do Planeta'? Significa que todos nós deveríamos cuidar melhor de nosso abençoado Mundo Espiritual chamado Terra! Essa atividade foi um convite da ONG World Wide Fund for Nature - www.wwf.org.br - para que desligássemos as luzes no dia 25 de março no período de 20h30 a 21h30. Segundo a notícia, cerca de 187 países participaram do evento. Não foi um belo exemplo do conceito "...estudo da Mediunidade, em si, é o estudo da própria Vida, em sua essência..." (FERREIRA, Inácio. Egos em conflito. LEEPP, 1ª edição, out 2016, cap. 32 - "Senhor, que eu possa ver" (p. 307), bem como da ideia "...mediunidade é sintonia..." (Chico Xavier e Espíritos Amigos)?! Quando queremos, então poderemos modificar a nossa "...condição de refugiados/imigrantes..." neste Planeta Espiritual! Um abraço fraternal! Cadichon Pirilampo.

    ResponderExcluir