domingo, 13 de agosto de 2017

10º ENCONTRO NACIONAL DOS AMIGOS DE JESUS CRISTO COM CHICO XAVIER E SUA OBRA, EM SÃO JOSÉ DOS CAMPOS – SP.

Agora, no próximo final de semana, nos dias 19 e 20, estará sendo realizado em São José dos Campos, o 10º ENCONTRO NACIONAL DOS AMIGOS DE JESUS CRISTO COM CHICO XAVIER E SUA OBRA, iniciativa, sem dúvida, das mais louváveis, que, há dez anos, foi começada na cidade de Uberaba, Minas Gerais.
Vale ressaltar, e com letras em maiúsculo, que O ENCONTRO SERÁ TOTALMENTE GRATUITO, com os irmãos e irmãs de Ideal de São José dos Campos, e vizinhanças, no Estado de São Paulo, arcando com as despesas que um conclave dessa natureza proporciona – embora, saibamos, nunca existe real necessidade de se provocar gastos além das possibilidades dos colaboradores de cada uma das cidades-sede.
Quando do I ENCONTRO, realizado em Uberaba, as críticas, partindo de alguns integrantes do próprio Movimento Espírita choveram, na tentativa de fazer com que a ideia morresse em seu próprio berço. Essas vozes dissonantes calaram-se, ou baixaram o tom, e o ENCONTRO continuou, como haverá de continuar enquanto, naturalmente, tal for possível aos seus organizadores. Nesse ínterim, inclusive, o ENCONTRO foi realizado em Portugal, na cidade de Lisboa, com a presença de grande público.
O objetivo do ENCONTRO, como se sabe, é o que colocar em destaque a OBRA MEDIÚNICA DE CHICO XAVIER como complemento da OBRA KARDECIANA, ainda enfocando os exemplos que o inesquecível MÉDIUM sempre nos transmitiu na VIVÊNCIA da Doutrina.
Infelizmente, porém, temos constatado que, em outros setores, o interesse pessoal, visando ganho financeiro, vem imperando no Movimento Espírita, sob o olhar muito complacente dos espíritas que, com as exceções de praxe, se posicionam “em cima do muro”, fazendo vistas grossas para o que, em verdade, envergonha e enlameia o nosso Movimento.
Parece que o mercantilismo, entre médiuns e oradores menos vigilantes e comprometidos com o amor à Causa, vem se generalizando cada vez mais, sob o pretexto de se gerar divisas para obras assistenciais, que, pelo arrecadado em uma só noite, ou em um só final de semana, devem ter uma despesa astronômica, e que deveriam, a nosso ver, serem submetidas a uma operação semelhante à da “LAVA-JATO”.
A verdade é que a gleba do Movimento Espírita encontra-se repleto de joio, semeado entre trigo. O que é não é novidade, visto que o próprio Cristo nos advertira a respeito, em Mateus, 13, 24-30.
A MENSAGEM ESPÍRITA NÃO DEVE SER VENDIDA PARA SUSTENTAR OBRAS DE CARIDADE, PORQUE A MENSAGEM ESPÍRITA, EM SI, É A MAIOR CARIDADE QUE PODE SER PRATICADA.
Somos de opinião que, entre se vender a Mensagem Espírita, em Congressos, Simpósios, Seminários, Encontros, etc, com o fito de se manter obras ditas de Caridade, e não manter essas mesmas obras, melhor é que elas não sejam levadas adiante.
Neste sentido, gostaríamos de apelar aos irmãos e irmãs de Ideal para que não apoiem e não compareçam a EVENTOS ESPÍRITAS PAGOS – e, não raro, regiamente pagos! –, QUE NÃO OS PRESTIGIASSEM E NEM OS PROMOVESSEM, porque a sua simples presença será um endosso a esse crime que está a se cometer contra o ESPIRITISMO.
Mesmo no que tange às OBRAS ESPÍRITAS, necessário se torna que, economicamente, elas se tornem de mais fácil acesso ao bolso dos que por elas se interessem, evitando-se os preços exorbitantes, que, por vezes, proporcionam, em cada título, um ganho de até 500%.
Não participem, pois, de PALESTRAS PAGAS – seja o espetáculo qual for: de cura, de pintura mediúnica, de psicografia, de oratória, etc. Esses tais não merecem ser vistos e, tampouco, ouvidos.
Portanto, aproveitamos aqui o ensejo para convidá-los a comparecerem nos próximos dias 19 e 20 de Agosto, em São José dos Campos, para o 10º ENCONTRO NACIONAL DOS AMIGOS DE JESUS CRISTO COM CHICO XAVIER E SUA OBRA, provando, há 10 anos, que, com um pouco de desapego e ideal, é-se possível continuar DANDO DE GRAÇA O QUE DE GRAÇA SE RECEBE.
Deus abençoe o nosso ENCONTRO, ao qual, sim, compareceremos com os Amigos de Jesus e de Chico Xavier que mourejam fora do corpo carnal, agradecendo, de nossa parte, aos espíritas de São José dos Campos pelo amor com que organizam o Evento.

INÁCIO FERREIRA

Uberaba – MG, 13 de Agosto de 2017.



 





26 comentários:

  1. Dr. Inácio, assino em baixo. Há palestrantes, sim, desprestigiando o Movimento e desvirtuando o sentido profundo da mensagem da Doutrina Espírita, usando o expediente mercantilista. Sim, Doutrina Espírita virou negócio, tal qual Igreja Católica. Um escândalo, mesmo. Óbvio, não podemos promover médiuns e palestrantes com a nossa presença. Éssa tem sido a minha atitude e assim persistirá.
    O Encontro é, sem dúvida, o acontecimento mais importante dentro do Movimento. Não há Congresso nem palestra que ombrei com a simplicidade, fraternidade e alegria que se vivencia no decorrer do Evento. Partilha-se o ideal em pleno, a alegria e bem-estar geral são contagiantes. Volta-se para casa já sonhando com o próximo Encontro. É já um fenómeno.
    Eu não faltaria a nenhum Encontro caso morasse no Brasil. Mas seguir ao vivo via internet é uma grande bênção. O que me fica faltando são os abraços e a permuta da energia amorosa dos amigos espíritas brasileiros.
    Muito grata, como sempre. Abraço carinhoso à equipa. Noémia

    ResponderExcluir
  2. Cadichon Pirilampo13 de agosto de 2017 12:58

    Boa tarde, Amigos Espirituais visíveis e invisíveis! Amor, Luz e Paz! Deus e Jesus Cristo abençoem a todos os participantes desse nobre Encontro entre irmãos espíritas! Um abraço fraternal! Cadichon Pirilampo!!!

    ResponderExcluir
  3. Boa tarde!
    Almoço a 400 reais, peça teatral a 200 reais...onde , na Broadway?
    Não...na casa espírita!
    Grande Inácio!

    ResponderExcluir
  4. Bom dia dr Inácio e Baccelli..
    Com certeza Chico Xavier diria:
    Graças A Deus não sou eu...
    É inacreditável que com tantos bons exemplos inclusive de Jesus...isso aconteça...
    O dai de graça o que de graça recebestes...é bem claro...
    Comercializar dons...que nos são emprestados Por Deus...que não nos pertencem...é a mesma coisa que pedir algo emprestado a alguém..e devolver estragado...danificado...
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Bom Dia Dr. Inácio e Baccelli. Isso mesmo, nada de apoiar o comércio dos vendilhões do templo. Um dia essa cambada vai ter o retorno de sua ganancia. Muitos votos de êxito para esse encontro. Essa turma que adora dinheiro pode vender xup-xup na portaria,kkkkkkk. Bjs em ti e no Baccelli. Pascale.

    ResponderExcluir
  6. Bom dia Dr. Inácio e Baccelli!!

    Verdade!! Para falar a verdade esta questão sempre me colocou em conflito. Acredito que o senhor tem toda a razão!! Concordo plenamente, salvo o auxílio a hospedagem e custo da mobilidade em casos de palestrante fora do estado. Neste caso especifico acredito que deve ser considerado o custeio, porém só esta exceção. Por favor o que o senhor pensa a respeito?
    Triste mesmo é ver sendo cobrado algo que não nos pertence:"Dai de graça o que de graça recebestes".

    Obrigado pelas palavras!!
    Excelente dia e semana para todos nós!!
    Fiquemos com o BOM DEUS!! \O/

    Carlos A. Gomes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia Dr. Inácio e Baccelli!!

      Tudo bem?
      Desculpa meu atrevimento, mas esta é uma questão que norteia meus pensamentos, até hoje fico em dúvida em relação a este assunto que questionei.
      Por favor o doutor, o Baccelli ou acredito que o próprio moderador do site, se possível gostaria de uma opinião.
      Muito obrigado pela atenção!!
      Excelente dia e semana para todos nós!!
      Fiquemos com o Bom DEUS!! \O/
      Carlos A. Gomes

      Excluir
  7. UM ÍDOLO
    ***
    Finda gloriosa missão de vida,
    partiu desta para nova lida,
    levou nossa eterna gratidão.
    Deixou um rastro, foco de luz,
    que a todos ilumina e conduz
    ver o mundo com outra visão.
    ***
    Francisco Cândido Xavier,
    chame-o de Chico, se quiser,
    devido sua grande humildade.
    Sensitivo, grande mediador:
    viera à terra em missão superior,
    espalhando amor, luz e bondade.
    ***
    Chico se transformou numa ponte
    que prolongou além do horizonte,
    alargando estradas com o Além.
    Através dele, seus mensageiros
    escreveram seus grandes roteiros
    de regras que conduzem ao Bem.
    ***
    Despediu-se num dia festivo,
    na grande paz do Divino Amigo,
    pois como estrela só esparzi luz!
    Por um tapete luminescente,
    voltou ao mundo resplandecente,
    nos braços do Divino Jesus!
    ***
    Chico - Patrimônio Brasileiro,
    doravante nosso mensageiro,
    nós te pedimos em nossa oração:
    - Por nós, roga a Deus ter piedade
    de nos conceder a caridade:
    desviar do abismo esta Nação!
    *
    José Scalon

    ResponderExcluir
  8. Que Deus abençoe o encontro com Jesus e com o nosso Chico!!!

    ResponderExcluir
  9. QUERIDOS DOUTORES INÁCIO E BACCELLI!!!!INFELIZMENTE NÃO PODEREI COMPARECER AO ENCONTRO PORQUE MORO MUITO LONGE,MAS DESEJO TODO O SUCESSO AO EVENTO E CONCORDO PLENAMENTE COM SUAS COLOCAÇÕES.
    EU SÓ SEI ENVIAR O COMENTÁRIO NO PERFIL ANÔNIMO,MAS VOU CONTINUAR ASSINANDO COMO SEMPRE,OK?
    ABRAÇÃO SEMANAL DA ANA LÚCIA GOBBI!
    @}---´---

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Somente para lhe ajudar na hora de publicar o seu comentário, ao invés de escolher a opção Anônimo escolha a opção: NOME/URL, no campo NOME: digite seu nome e no campo URL: não digite nada.. deixe em branco. Ok?
      Eu faço assim, abraços e espero poder ter ajudado.

      Excluir
    2. OBRIGADA!!!!!EU FICAVA TODA ENROLADA NA HORA DE ENVIAR.VALEU,MESMO!!!!!AGORA VOU FAZER ASSIM.ABRAÇÃO!!!!
      @}---´----

      Excluir
  10. Boa tarde Dr. Inácio e Baccelli. Uma bela festa será essa com algumas das estrelas que conduz àqueles que ainda mourejam nas sombras, embora alguns, nela, infiltrados, conseguem se transvestir de ovelhas, sendo lobos vorazes. Vou torcer daqui da minha cidade mineira e que os bons espíritos abençoem a cada um de vocês encarnados e desencarnados. Um forte abraço. Aécio Emmanuel César

    ResponderExcluir
  11. Querido Dr. Inácio e querido amigo Baccelli, este é um "assunto" que ainda não compreendi.
    Por exemplo sábado e domingo que vem, vá até o estacionamento do "ENCONTRO" dê uma olhada nos carros que estarão lá estacionados, essas pessoas tem necessidade de um evento grátis? ou muita gente não teria podido ir caso fosse pago? Eu sou leiga no assunto, mas o local do evento foi cedido gratuitamente para o evento? os palestrantes e músicos iram arcar com suas despesas pessoais? avião, gasolina, hotel, refeição..., fora centenas de detalhes que eu nem sei, e que tem um custo.
    Bem se não foi assim, alguém teve que pagar por isso, tiveram que arrumar dinheiro, já que não é os congressista que vão pagar.
    Porém por outro lado eu fico fazendo as contas, já paguei congresso que me custou mais de 100.00 reais, agora faça a conta ai no mundo Espiritual, multiplicando isso por 2.500 pessoas, onde vai tanto dinheiro? Como sou leiga nesse assunto não estou condenando ninguém, estou apenas procurando uma resposta.
    Tem espiritas ou não espíritas que gastam "fortunas" com a matéria, em comida, vestes, academias, carros, viagens, acessórios, mas para "investir" no Espírito Imortal, ai complica né?
    Eu ainda fico com a frase "Nem tanto ao mar, nem tanto a terra..."
    Beijos da irmã Verinha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cadichon Pirilampo16 de agosto de 2017 13:51

      Boa tarde, Amigos Espirituais visíveis e invisíveis! Amor, Luz e Paz! Vera Filgueira (15-08-2017 11:33). Eventos espíritas pagos. Suas observações são pertinentes. Durante muitos anos, fomos responsáveis pela parte de finanças relativa a um determinado grupo de estudiosos espíritas e não espíritas num certo Estado brasileiro. Nas reuniões administrativas as explicações adequadas eram apresentadas segundo a relação custo x benefício. Dessas explicações plausíveis, verificava-se que o grupo não obtinha "lucro" algum ou, até mesmo, restava uma parcela mínima possível. Os locais escolhidos não nos cobravam nada, mas tínhamos de deixar o ambiente todo arrumado, bem como "deixar" algum legado material para esses locais (escolas, em geral). Depois, devido a decisões de A, B ou C, esses ambientes não foram mais escolhidos. Por quê? Por causa das exigências administrativas e até mesmo "religiosas virtuais", isto é, sutis. Também a crise econômica do país contribuiu muitíssimo para reduzir os horários dos encontros, pois o custo familiar tornava-se complicado. Conclusão lógica: nesses casos é necessário considerar a relação custos x benefícios. Nos dias atuais, nem tudo é gratuito para A, B ou C! Logo... Bem, eis a nossa pálida opinião! Um abraço fraternal! Cadichon Pirilampo!!!

      Excluir
  12. Consegui sair do anonimato.

    ResponderExcluir
  13. Boa tarde! Na paz!! Tá tudo certo!!. Digo, repito e treplico!!. Problema não tá no dinheiro, e sim, na educação ao povo de como utiliza-lo. Defendo essa tese, num comparativo a mediunidade ostensiva. Problema todo é simplesmente, de como USAR!!. A ideia e invenção do papel moeda, foi extraordinariamente belíssima!!. Digo até que, com maior eficácia ao homem do que descobertas vindas de grandes nomes, consideradas essenciais hoje. Imagina o Planeta sem uma moeda de troca?? Ex: Vou construir um prédio, preciso contratar, pedreiro, ajudantes, carpinteiros, ladrelhistas, bombeiro, armador, etc, etc...., imagina, se não tivéssemos o dinheiro para acertar a TROCA !!?? cada um desses profissionais, teriam de trabalhar na minha obra a troca do que eu me dispusesse a lhes oferecer, e o que, provavelmente não lhes interessariam de imediato para suprir-lhes as necessidades momentâneas. O dinheiro, e a ideia foi essa, resolveu a forma de melhor interagir os homens, isso é básico e indiscutível. Agora! vamos ao ponto “F”. Os espíritos, nas suas pequenez , contorceram a maravilha inventada, transformando-a em um “problema mundial” onde teríamos , a “solução mundial”. Dispensa maiores comentários sobre o desfecho dessas atitudes “imbecis”. O que fazer agora?!, creio, estamos indo no caminho errado!, principalmente os espiritas!, sim, nós mesmos, pois, adotamos - talvez pela necessidade de acharmos que somos, diferentes kkk – uma aversão ao dinheiro, dentro do meio espirita, fala-se muito em caridade, e o dinheiro como sendo um problema na contramão dela. Não concordo!!, integralmente discordo dessa linha de raciocínio que nós espiritas abraçamos. Defendo uma tese de que, muito pelo contrario, o dinheiro é crucial para o exercício da caridade, não só a caridade de gêneros alimentícios, vestuário e outros, mas, para todas as formas de caridade. Ninguém vive sem o dinheiro, sobreviver?!, pode-se até ser, em condições miseráveis, mas, vive. Dai, meu jovem irmão, Inácio Ferreira, me permita aqui, com todo carinho e respeito a esse espirito guerreiro, justiceiro, observador, questionador, e outras características sublimes de ideal cristão, vamos mudar o FOCO!!!. Pense na tese, com carinho, e desprovido de suas turraozisses!! Hahahaha!!, no mínimo, pense na possibilidade de que, vou pensar!!???. Vamos, mudar o discurso, em relação ao dinheiro, junto aos nossos colegas de ideal, ao invés de o rejeitar, vamos procurar ORIENTAR, de sua importância, dos seus objetivos de sua criação, da finalidade bem utilizado, de como ele é indispensável para TODOS, e assim , vamos ENSINAR a utiliza-lo. Sugiro aqui, faça – após termino dos estudos no blog do livro “Nosso Lar” – perguntas “incomodas” sobre o dinheiro , com sugestões, que nos levem a MEDITAR, PENSAR!!, PENSAR!! E PENSAR!!!, sobre o assunto. Creio muito, se bem conduzido, que estaremos oferecendo uma baita CARIDADE com essas instruções. Eu já cheguei a pensar que o SEXO seria o maior entrave nesse Planeta para nossa evolução espiritual, mas, hoje, reconheço, ele fica em segundo plano e deixa o dinheiro assumir a ponta!!. Não se trata aqui, de sair por ai doando dinheiro e se desfazendo dele, sem pé nem cabeça!!!, ( alias, acho um absurdo, e certamente algo está errado, quem sai doando dinheiro a obras de assistência social, pra mim, isso é falta de criatividade), muito pelo contrario, trata de o , SABER USAR, não distribuir, mas, USAR. Fazer entender ( ou relembrar) o porque ?? de sua criação e seus objetivos. Bom!!, creio, me entenderam ne!!!. Podem contar comigo se acharem plausível , direcionar a tese!!, Você e o Baccelli!!. Que Deus nos ajude!!.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cadichon Pirilampo16 de agosto de 2017 14:09

      Boa noite, Amigos Espirituais visíveis e invisíveis! Amor, Luz e Paz! Dom Tamer (16-08-2017 10:27) Dinheiro e espíritas. As suas observações são interessantes. Permita-nos selecionar alguns trechos da psicografia do Espírito Chico Xavier. Primeira, "O dinheiro, sem dúvida, é necessário, mas também é um problema, quando não sabemos administrá-lo. O excesso de recursos financeiros é sempre uma prova, e das mais difíceis! Em nossas atividades doutrinárias, nunca devemos esperar contar com algo além do que nos seja estritamente necessário..." (mensagem "Espiritismo e dinheiro"). Segunda, "O Espiritismo deve fazer o que for compatível com a sua bolsa...Não devemos preocupar-nos com a formação de um caixa para começarmos a trabalhar...Dinheiro, ambição e poder - eis os nossos percalços na Doutrina..." (Mensagem "Ainda o dinheiro"). Essas orientações estão no livro "Doutrina Viva", Didier, 1ª edição, jun 2008). Mais uma vez, sinalizamos a leitura atenta do livro "Dinheiro" (IDE, 1ª edição, 1985), de Emmanuel através de Francisco Cândido Xavier. Um abraço fraternal! Cadichon Pirilampo!!!

      Excluir
  14. Boa tarde! Na paz!! tá tudo certo!!! Espiritas!!!!..., ah!! espiritas!!!!....., teem um medo terrível de caírem nos mesmos "erros" dos dirigentes católicos!!!. Dai, ao invés de tentarem fazer o diferencial!!, não!!, se colocam na posição de aversão ao BENDITO DINHEIRINHO!!, por puro medo, comodismo, e desculpem-me, COVARDIA!!!!!....

    ResponderExcluir
  15. Boa tarde!! na paz!!Tá tudo certo!!. Me permitam aqui, republicar uma reportagem do site UOAL, que recebi hoje, e tem tudo haver com nosso assunto semanal. Fiquei surpreso, com a "coincidência que essa materia chegou até mim, justamente HOJE!!!. E quero dividir com vocês: Número de consultas em centros espíritas ultrapassa o de hospitais*
    Por Valéria Dias da Agência USP de Notícias

    Um levantamento realizado em 55 centros espíritas da cidade de São Paulo, em 2014, aponta que, juntos, os atendimentos espirituais chegam a cerca de 15 mil por semana (60 mil ao mês). "Este número é muito superior ao atendimento mensal de hospitais como a Santa Casa, que atende cerca de 30 mil pessoas, ou do Hospital das Clínicas, com cerca de 20 mil atendimentos", destaca o médico psiquiatra Homero Pinto Vallada Filho, professor do Departamento de Psiquiatria da Faculdade de Medicina da USP (FMUSP). A média relatada de atendimentos semanais em cada instituição foi de 261 pessoas.

    "Sabemos, por meio de vários estudos, que a abordagem do tema religiosidade ou espiritualidade exerce um efeito bastante positivo na saúde de muitos pacientes. Por isso, podemos considerar a terapia complementar religiosa ou espiritual como uma aliada dos serviços de saúde", revela, lembrando que, geralmente, o paciente não tem o hábito de falar sobre suas crenças religiosas e muito menos de contar que realiza tratamentos espirituais em centros espíritas.

    Vallada Filho foi o orientador da dissertação de mestrado “Descrição da terapia complementar religiosa em centros espíritas da cidade de São Paulo com ênfase na abordagem sobre problemas de saúde mental”, de autoria da médica Alessandra Lamas Granero Lucchetti, apresentada ao Instituto de Psiquiatria (IPq) do Hospital das Clínicas (HC) da FMUSP em dezembro.

    A ideia foi mostrar a dimensão do trabalho realizado pelos centros, o grande número de atendimentos prestados e os diferentes serviços oferecidos. Observou-se também que apenas uma pequena minoria realiza cirurgias espirituais, sendo todas sem cortes. Na segunda parte da dissertação, a pesquisadora descreve passo a passo uma terapia complementar espiritual para pacientes com depressão realizada na Federação Espírita do Estado de São Paulo (Feesp). continua...

    ResponderExcluir
  16. ...Continuação : Centros espíritas*

    A autora realizou um levantamento inicial de todos os centros espíritas da capital paulista que possuíam site na internet contendo endereço de contato. A médica chegou ao número de 504 instituições. Neste levantamento, foram considerados apenas centros espíritas "kardecistas", ou seja, aqueles que seguem a doutrina codificada pelo pedagogo francês Hippolyte Leon Denizad Rivail, sob o pseudônimo de Allan Kardec, e que tem como base as obras O Livro dos Espíritos (publicado na França em 1857), O Livro dos Médiuns (1861), O Evangelho Segundo o Espiritismo (1864), O Céu e o Inferno (1865) e A Gênese (1868).

    *Resultados*

    Entre os resultados, foi observado que a maioria são centros já estabelecidos e que têm mais de 25 anos de existência, sendo o mais velho funcionando há 94 anos (Fundado em 1920) e o mais jovem com dois anos. Em praticamente quase todos, os usuários são orientados a continuar com o tratamento médico convencional, caso estejam fazendo algum, ou mesmo com as medicações indicadas pelos médicos.

    Os principais motivos para a procura pelo centro foram os problemas de saúde: depressão (45,1%), câncer (43,1%) e doenças em geral (33,3%). Também foram relatados dependência química, abuso de substâncias e problemas de relacionamento. Entre os tratamentos realizados, a prática mais presente foi a desobsessão (92,7%) e a menos frequente foi a cirurgia espiritual, (5,5%), sendo todas sem uso de cortes.

    “Esse levantamento procurou descrever as atividades realizadas nos centros espíritas e salientar não só a grande importância social desempenhada por eles, mas também a grande contribuição ao sistema de saúde como coadjuvante na promoção de saúde, algo que a grande maioria das pessoas desconhece", finaliza.

    *Fonte:* https://noticias.uol.com.br/saude/ultimas-noticias/redacao/2014/03/06/numero-de-consultas-em-centros-espiritas-ultrapassa-o-de-grandes-hospitais.htm

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cadichon Pirilampo16 de agosto de 2017 14:25

      Boa noite, Amigos Espirituais visíveis e invisíveis! Amor, Luz e Paz! Dom Tamer (16-08-2017 10:52-10:53). Parabenizamos a participação de irmão contribuindo com um artigo interessante. Conclusão lógica: os centros espíritas devem estar bem preparados quanto à conscientização de seus dirigentes e trabalhadores! Deus e Jesus Cristo abençoe a você nessa sua atual caminhada evolutiva! Um abraço fraternal! Cadichon Pirilampo!!!

      Excluir
    2. Tom Tamer, muito obrigada pela partilha dessa notícia! Emocionante constatar a extensão da contribuição da medicina espiritual realizada nos Centros espíritas, no Brasil. E essa é, podemos dizer, uma pequena amostra, tendo em conta o número incontável de Centros espíritas brasileiros. Como o Brasil é grande na dianteira no trabalho de cooperação com Jesus. Deus e Jesus abençoem o Brasil e todos os que com Ele trabalham, pois é o trabalho no bem que sustenta o equilíbrio da Crosta. Obrigada amigo internauta, Jesus o envolva em muita paz e alegria no seu coração. Noémia

      Excluir
  17. Querido Dr. Inácio e Baccelli é a Verinha de novo, concordo plenamente com a sua frase: "DANDO DE GRAÇA O QUE DE GRAÇA SE RECEBE" sim, só faltava um "Orador Espírita" cobrar pela Palestra, (ou cobram?) mas o restante para que se acomodasse em São José dos Campos 1.200 pessoas, não foi de graça não.
    Então nesse caso vou usar outra frase de Nosso Senhor Jesus Cristo
    "Dai a César o que é de César, e a Deus o que é de Deus"
    Se estiver errada, aceito a corrigenda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde! Na paz!! tá tudo certo!!. Amiga Vera Filgueira. Sem nenhuma outra pretensão, a não ser a de que, possamos somar nas suas colocações, de forma saudável, para que pratiquemos a meditação do, raciocinar, pensar... Justamente essa frase que , "dizem", foi pronunciada por Jesus, a qual, muito me intriga para sugestionar HOJE, uma outra linha de raciocínio sobre o dito cujo, DINHEIRO. "Dai a César o que é de César, e a Deus o que é de Deus". Pois bem, vamos lá: Imagino , hoje, 2.000 anos depois, e com inúmeras evoluções, espirituais e tecnológicas, será ? Jesus - se é que ele proferiu mesmo essa frase - iria proferi-la com essas mesmas conotações?? Particularmente, entendo que sobre o DINHEIRO foi criado uma certa , MISTIFICAÇÃO , e até mesmo, uma espécie de DOGMAS, dai defendo essa desmistificação ao ABENÇOADO. Outro detalhe, na época, tínhamos cunhado no papel moedas o rosto de Cesar, hoje, - pelo menos no nossos reais - temos ANIMAIS, ONÇAS, PEIXES, E O RETRATO DA REPUBLICA, e não mais de um UNICO MORTAL. ( se bem que, nas moedas ainda temos algumas homenagens). Outro detalhe, conforme já temos conhecimento por vários instrutores, de que, Jesus falou por parábolas, porque não teria outra forma de deixar uma mensagem mais nítida!, tendo em vista a capacidade de absorção do povo a época. Intrigante isso não!!??, PARÁBOLAS !!!, não vejo outra forma de as interpretar, a não ser pelo uso da FÉ RACIOCINADA!!! Dai, eu fico a imaginar, como seria a conduta e as instruções do nosso Sublime Mestre nos dias de hoje, sobre o DINHEIRO? obvio!!, como o estamos utilizando-o, não seria aprovado por Jesus!, pelo próprio Bom-Senso isso o sabemos, mas, qual seria suas INSTRUÇÕES ??, até porque, TUDO É DE DEUS!!, inclusive o Dinheiro!!!. Não é mesmo!!? Preciso se faz, desmistifiquemos os dogmas foram criados. Afinal, somos adeptos da UNICA doutrina que nos possibilita, A FÉ RACIOCINADA!!!... Buscando esses objetivos, que, creio seria de muito bom-senso. Inácio e Baccelli, nos propor um estudo mais amiúde sobre o Dinheiro!. Parafraseando nosso nobre irmão Cadin-Piri, não descartamos a possibilidade de mudarmos nossa opinião a respeito, mas, acreditamos, igualmente muitas entrelinhas passaram desapercebidas de nós nas narrativas do livro “Nosso Lar”, bem como, podemos também estar “desinformados” sobre a importância do DINHEIRO !!, não tenho nada contra ele, muito pelo contrario, não vou negar!!, gosto muito!!!!, desse “danadinho”, hahahaha....

      Excluir
    2. Amigo, obrigada pelas palavras, e outro detalhe que me lembrei, Jesus também recebia dinheiro quando esteve na Terra, uai, tinha até quem cuidava da "bolsa", Judas.
      Pena que acho que associam o dinheiro ao fato dele ter traído Jesus.

      Excluir