domingo, 17 de dezembro de 2017

COMO VOCÊ INTERPRETA?! – XXXVIII

Continuando com as nossas reflexões sobre o capítulo 40 – “Quem Semeia Colherá”, de “Nosso Lar”, André Luiz – notemos – afirma que foi ele a se sentir atraído para uma “visita ao departamento feminino das Câmaras de Retificação”, na qual Elisa se encontrava internada. Interessante: o espírito compromissado se sente, espontaneamente, atraído pelo compromisso assumido perante a Lei Divina, insculpida na consciência!...
Elisa, conforme nos relata André, sequer conseguira identificá-lo, mas ele não tivera grande dificuldade em reconhecê-la.
Narcisa, a respeito, pronuncia frase lapidar, que nos merece meditação atenta: “Todos nós, meu irmão, encontramos no caminho os frutos do bem ou do mal que semeamos. Esta afirmativa não é frase doutrinária, é realidade universal.” (grifamos)
*
Precisamos ainda colocar em destaque o seguinte: quando André teve rápido envolvimento com Elisa, ele, então, era muito jovem, e ela, ao que tudo indica, era mais experimentada no campo da sedução afetiva. Todavia, mesmo assim, a sua consciência não deixou de, parcialmente, responsabilizá-lo pelo destino da infeliz jovem que se entregara aos desmandos da existência.
Quando André, sem se identificar, pergunta a Elisa se ela o odiava, a moça respondeu:
- “No período do meu sofrimento anterior, amaldiçoava-lhe a lembrança, nutrindo por ele um ódio mortal; mas a irmã Nemésia modificou-me. Para odiá-lo, tenho de odiar a mim mesma. No meu caso, a culpa deve ser repartida. Não devo, pois, recriminar ninguém.”
*
Sobre a Terra, na condição de encarnados, são muitos os que imaginam que as suas faltas – principalmente as consideradas mais leves –, cometidas em momento de imaturidade ou insensatez, ficarão esquecidas... Ledo engano! A Lei é a Memória Integral da Vida, e, com certeza, conforme nos ensinou Jesus: “Até que o céu e a terra passem nem um i ou um til jamais passará da lei, até que tudo se cumpra.” Ou seja: o espírito não se sentirá redimido, enquanto, num canto qualquer de sua consciência, permanecer a mais insignificante pendência cármica.
*
Vejamos ainda mais: muitos anos haviam se passado do ligeiro caso entre André e Elisa, todavia, ela sequer lhe esquecera do timbre de voz... Evidentemente, André não era mais o jovem de antanho, e, por certo, o tempo lhe alterara a fisionomia e até mesmo o som da voz – não obstante, o rapaz marcara tão profundamente o espírito da jovem que ela o “adivinhava”: - “E a sua voz – disse Elisa, ingenuamente – parece a dele.”
André, embora não se revelasse de pronto, por razões expostas no capítulo, não estava com a intenção de disfarce, mas, o credor sempre pressente a presença do devedor – aliás, o “pressentimento” entre André e Elisa era recíproco – um parecia estar à espera do outro! Por que ambos ter-se-iam conduzido, quase no mesmo período, a “Nosso Lar”?!
*
Mais tarde, quando André desencarna, e, então, a sua esposa, Zélia, consorcia-se com Ernesto, não estaria ele já se submetendo à chamada “lei de talião”?! Não estaria agora, por sua vez, experimentando o abandono afetivo a que votara uma jovem de quem arrebatara o coração?!
*
Qual haveria de ser, junto a André, o futuro de Elisa?!
Não há quem nos cruze o caminho por mera obra do acaso.
A mãezinha de André Luiz não havia comunicado a ele a intenção de reencarnar proximamente com o intuito de auxiliar o ex-esposo, Laerte, em relação a duas mulheres que, em novo matrimônio com ele, haveriam de receber na condição de filhas?!...
*
Não convém, pois, que coloquemos apenas as “barbas de molho” – coloquemos todos os “pelos” que nos cresçam no corpo e na alma, com os quais, muitas vezes, aos olhos argutos da Lei, pretendemos, inutilmente, ocultar as nossas próprias faltas.

INÁCIO FERREIRA

Uberaba, 18 de dezembro de 2017.




15 comentários:

  1. Bom dia!
    Pelos, aliás, que ficaram "eriçados" quando André Luiz encontrou os Espíritos desdobrados em Nosso Lar.
    Tomou grande susto com suas aparências.
    Eriçamento de pelo é defesa instintiva inconsciente em seres do reino animal.
    Espíritos cujos perispíritos apresentam defesa inconsciente do reino animal!?!?
    Evoluídos pero no mucho
    Abraços!

    ResponderExcluir
  2. Bom dia Dr. Inácio e Baccelli. Aí de mim, aí de mim!!! Por hoje é só o que tenho a dizer. Bjs.

    ResponderExcluir
  3. Bom dia, Amigos Espirituais visíveis e invisíveis! Amor, Luz e Paz! Lei de atração entre os espíritos. Na atualidade, muitos analisam a lei de atração em todos os acontecimentos da vida cotidiana dos seres humanos (espíritos, gentes, inteligências, mentes, etc...) e sua relação com a lei de causa e efeito (carma). Em "O Livro dos Médiuns", 2ª Parte, capítulo XXII, Erasto esclarece que "...Há um princípio que todos os espíritos admitem: o de que os semelhantes atuam com os seus semelhantes e como os seus semelhantes. Ora, quais são os semelhantes dos Espíritos, senão os Espíritos, encarnados ou não? Será possível que repitamos isto incessantemente?..." (LM-236). Destaquemos bem a frase com maiúsculas (não estaremos gritando ao escrever desta forma): "...SERÁ POSSÍVEL ISTO INCESSANTEMENTE?..." De outra forma, certa vez, ouvimos de um amigo espiritual questionar o grupo de aprendizes: - "Vocês sabem por que repetimos quase sempre os mesmos ensinos?..." O grupo ficou mudo esperando a resposta. Nestes "Como você interpreta?!...", Inácio Ferreira (IF) convida-nos a pensar no efeitos do nosso pensar, sentir, agir e reagir com base no exemplo de vida de André Luiz (AL). Neste caso, mostra-nos a situação dele diante do que relatou no capítulo 40 - Quem semeia colherá de "Nosso Lar". A fim de melhor entendermos o pensamento vivo de IF, existe a "placa de rua" pintada como "Reflexões em torno da Lei de Causa e Efeito" (mensagem de 28-04-2014 0753) inserida no livro "Dr. Inácio, ele mesmo!" (LEEPP, 1ª edição, ago 2016). Nela, IF, num determinado trecho, sugere um trecho do capítulo 9 - Irmão Cláudio para traçar os seus "...arrazoados de Além-Túmulo..." (IF) sobre a Lei de Causa e Efeito. Bem, abracemos essas noções e apliquemo-las em nossas vidas a todo instante! Assim, cada um de nós terá uma visão "Um Pouco mais Além" (LEEPP) de nós mesmos, não é mesmo (perdoe-nos o trocadilho ou redundância)? Feliz Natal sentindo o perfume da manjedoura em nossas vidas! Ho! Ho! Ho! Um abraço fraternal! Cadichon Pirilampo (09:25)!!!

    ResponderExcluir
  4. Aécio Emmanuel César18 de dezembro de 2017 05:12

    Bom dia Dr. Inácio e Baccelli. O que é certo disso tudo é que o ofensor sempre esquece a ofensa, mas o ofendido, muitas vezes, a guarda nos recessos do coração. Um forte abraço. Aécio Emmanuel César

    ResponderExcluir
  5. Ana Lúcia de Oliveira Gobbi18 de dezembro de 2017 05:48

    OLÁ,AMIGOS!!!TENHO UMA AMIGA QUE SEMPRE DIZ QUE AS PESSOAS SÓ FAZEM COM A GENTE O QUE PERMITIMOS QUE ELAS FAÇAM.EU NÃO CONCORDAVA COM ISSO,ACHANDO QUE NÃO SE PODE CULPAR A VÍTIMA PELO QUE DE RUIM FAÇAM A ELA.MAS AGORA VEJO QUE EM ALGUNS CASOS " A CULPA DEVE SER REPARTIDA" COMO NOS DIZ O TEXTO EM ESTUDO. HOJE EM DIA PERCEBO QUE VÁRIAS VEZES ME DEIXEI ENGANAR, MESMO QUANDO TODOS OS INDÍCIOS DE QUE ME DARIA MAL ESTAVAM EVIDENTES.PARA MIM AINDA É MUUUITO DIFÍCIL ENGOLIR ESTE NEGÓCIO DE "CULPA REPARTIDA". SEMPRE PENSEI QUE VÍTIMA ERA VÍTIMA E QUE VILÃO ERA VILÃO.OUTRA COISA CURIOSA É A CONSTATAÇÃO DE QUE SOMOS ATRAÍDOS PELO COMPROMISSO ASSUMIDO. TENHO UM DESAFETO QUE "CONQUISTEI" NO AMBIENTE DE TRABALHO E NOS ENCONTRAMOS CONSTANTEMENTE NAS SITUAÇÕES MAIS INESPERADAS. POR MAIS QUE EU CORTE CAMINHO, SEMPRE "DOU DE CARA" COM A TAL PESSOA E ALGUMAS VEZES A SITUAÇÃO ME "OBRIGA" A FALAR COM ELA.E NEM ADIANTA FICAR MAL-HUMORADA PORQUE AÍ PARECE QUE O PRÓXIMO ENCONTRO VIRÁ COM MAIS RAPIDEZ. " A VIDA COMO ELA É!"AS OPÇÕES SÃO:EVOLUIR OU EVOLUIR,NÉ?TUDO QUE TENTARMOS FORA DISSO SERÁ PURA PERDA DE TEMPO.
    ABRAÇÃO SEMANAL DA ANA LÚCIA GOBBI!
    @}---´----

    ResponderExcluir
  6. Bom dia queridos dr Inácio e Baccelli...
    Em um de seus livros Pedro de Camargo (Vinicius)...diz assim:
    *julgar?...se somos todos réus nos tribunais de nossa própria consciência??*....
    Para mim dr Inácio..a nossa consciência nos conduz pelos caminhos dos reencontros...
    Ela é o guia infalível...como nos ensinam os espíritos...
    Somos guiados por ela...
    Quando nos esquivamos...fugimos...ela nos reconduzira...
    *Eu te digo em verdade...que de lá não sairás..enquanto não pagares até o último ceitil*...(Jesus)....
    Não sairemos dessa maratona do carma..das entradas e saídas de corpos..enquantos tiver uma só vírgula mal resolvida..
    Para mim dr Inácio nossa consciência determina nosso céu ou nosso inferno..
    Nela estão todos os registros de todas nossas vidas...
    Quando o homem criou essa figura de céu ..e inferno..mostrou exatamente como se sentia...
    Quando estou em dia com as leis do universo..que são perfeitas..estou em paz...me sinto no céu..
    Quando me endivido com as leis...me sinto inquieto..não tenho paz..me sinto no inferno...
    Como dizia nosso Chico..estamos no lugar certo...com as pessoas certas...
    Para mim dr Inácio de um modo simples...carma é isso...questões da consciência que não foram resolvidas...
    Estão lá...
    Nos incomodando...nos cobrando..
    Enquanto não pagarmos...ou resolvermos até o ultimo centavo...não sairemos dessa prisão...que impede nosso vôo para maiores alturas...
    Quando nos esquivamos...fugimos..não assumimos...trazemos para nós..doenças psíquicas..mentais..
    Porque nossa consciência fica como se estivesse com uma infecção...que não toma o remédio...
    E qual seria esse remédio?
    A coragem de enfrentar nossos equívocos
    Acho que Andre Luiz..consegue perceber um pouco isso...qdo no início desse mesmo livro nosso lar escreve:
    *Quantas existências...quantos corpos...quantos séculos...quantos serviços...quantos triunfos...quantas mortes...necessitamos ainda?*....
    Desejo à todos um natal em paz..semore juntos com nosso mestre Jesus..
    Beijos
    Cris

    ResponderExcluir
  7. Bom dia Dr. Inácio e Baccelli!!

    Muito interessante este ponto de vista: "culpa repartida"!!
    Doutor Inácio e Baccelli, quero agradecer por este ano juntos neste blog. Toda segunda-feira, logo pela manhã acesso o site para verificar o que o doutor escreveu, isto já se decorre a vários anos e só tenho que agradecer pelo aprendizado!!
    Um feliz Natal e um excelente Ano Novo para o Dr. Inácio e toda equipe espiritual do Hospital e em modo especial ao Baccelli pela mediunidade em prol de ajudar a cada um que passa por aqui e também pela equipe do Blog (acredito que deve ser o Yudi) e todos os internautas no qual compartilhamos muitas vezes opiniões e experiências.

    Um feliz Natal e um excelente Ano Novo!!
    Fiquemos SEMPRE com o BOM DEUS!! \O/

    Obrigado,
    Carlos A. Gomes

    ResponderExcluir
  8. Bom dia Dr. Inácio, sei que nada tem a ver com o tema acima, mas preciso que o senhor me tire uma dúvida... Sei do seu amor por animais e gostaria de saber sobre a cremação animal na visão espírita... Eles podem sentir dor, assim como nós, humanos?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como eu compreendo a razão de ser da sua pergunta !!! Adoro os meus cães ...costumo dizer que são os " filhos" que não tive (tenho uma filha única)...sacrifico a minha vida profissional e familiar por eles ...quando estão doentes fico "doente"...sofro . Quando expiram sinto algo antagónico: sentimento de perda e paz !!!O problema está quando tenho de os mandar cremar! Por tudo isto depreendo a razão de ser da sua pergunta ao nosso Bom Mestre . Apesar de já ter lido muitos ...mas mesmo muitos... livros intuidos ou psicografados inspirados pela doutrina espirita continuo confuso . Porquê ? Já li , não me lembro qual a fonte , que os animais têm reencarnação imediata ( eram coelhos brancos em fila que reencarnavam de imediato )...já li que no mundo espiritual ,acima do nosso, existem cães , gatos , pássaros e sei lá que mais...!!! Já li que segundo o nosso Grande Xico o "Pintinhas" ( um dos cães que ele acolhia) teria reencarnado num corpo de cão o qual ele acolheu !!! Já li que cada espécie animal tem o que se chama de " Grupo Alma" o qual "gere os elementos dessas espécies ! Uma panóplia de informação!!! Creio que a Espiritualidade Maior ainda não nos confiou a " chave" para responder à sua questão ...não seremos , ainda, dignos de tal ! Li também , algures , que a cremação devería ser efectuada 48 a 72 horas após o óbito( estou a falar do reino hominal) ...tempo dilatado para garantir o "desligamento" o qual depende da causa da morte , tempo de doença , apêgo do desencarnado ao materialismo , créditos ...ou afins...entre outros motivos . Sei que Herminio Miranda referiu no seu livro Memória e Tempo que uma vez desdobrado, magnéticamente, o periespirito não sofria a dor infligida ao corpo fisico ...desde que estivesse a certa distância . Contudo...os desencarnados que não abandonam o corpo...sentem as dores dos vermes que invadem o que foi o seu Vaso receptivo ...é a questão do desligamento do cordão prateado e seu laço..bem como das restantes ligações electrónicas !!! O que posso eu , reles Terrícula ( acabei de ler Ramatis) , concluir ...considerando-me um analfabeto quanto à Verdade Integral : Nada sabemos ...porque não somos dignos de saber !!! Estamos , no que à Verdade Absoluta diz respeito , quase analfabetos ...os nossos "professores" aínda não nos consideram aptos a aprender a matéria necessária ao entendimento do " Psiquismo Cósmico" . Posto isto...sinceramente...deveremos esperar 48 horas ...pelo menos . Razão cientifica ? Não tenho !!! o que os "livros" dizem ? ...Tal como Jesus Cristo ou falam por metáforas ou vão dando noticias a conta gotas ...
      Desculpe ...meu Bom Mestre ...deve estar a rir-se da minha Ignorância!!! Um Passeio proveitoso com o
      Grande Xico , Odilon Fernandes , Domingas , Modesta , Manuel Ribeiro , Paulino e sua esposa ...na próxima noite de Natal.João Semana

      Excluir
    2. Prezada Thaila, além dos livros recomendados pelo amigo Cadichon Pirilampo, sugiro também a excelente e comovente obra "O Evangelho dos animais", psicografado por Sandra Caiado e ditado pela equipe espiritual da Asseama. O problema é que tal livro se esgotou na editora e não está disponível na Estante Virtual. Nesse momento, um exemplar usado está à venda no Mercado Livre, porém por um preço exorbitante. O ideal seria esperar a reedição dessa obra, pois trata-se de um livro que todos os espíritas que amam os animais devem ler, um abraço, muita Luz!

      Excluir
  9. Bom dia, Amigos Espirituais visíveis e invisíveis! Amor, Luz e Paz! Thaila Néli (20-12-2017 02:43). Permita-nos auxiliar embora não estejamos especificamente indicados para responder pelo Dr. Inácio Ferreira e/ou pelo médium C.A.B. Você escreveu "...Sei do seu amor por animais e gostaria de saber sobre a cremação animal na visão espírita...Eles podem sentir dor, assim como nós, humanos?" Nós, os espíritas visíveis ou invisíveis, observamos a questão da cremação, seja a do corpo humano, seja a do corpo animal, naturalmente em sintonia com as leis humanas e as leis naturais. O Espiritismo explica que o corpo físico é apenas o envoltório temporário relativo ao grau de densidade de um mundo espiritual visível com o da Terra para os princípios espirituais inteligentes (espíritos) e Espíritos cumprirem as suas tarefas pertinentes. O princípio espiritual animal sobrevive à cremação do corpo denso e, provavelmente, não sentirá a dor de observar essa cremação como alguns seres humanos invisíveis sentem. Esses seres têm os seus cuidadores invisíveis (os obreiros da vida eterna). Para ampliar os seus conhecimentos nessa área, sugerimos os livros "Animais nossos irmãos" (Mundo Maior), "Todos os animais merecem o céu" (Mundo Maior) e "Animais conforme o Espiritismo" (Mundo Maior), de Marcel Benedetti (1962-2010). Não deixe de ler "Os animais têm alma?" (Lachatre), de Ernesto Bozzano (1862-1943). Deus e Jesus abençoem a você e a todos no seu campo de energia espiritual! Feliz Natal! Um abraço fraternal! Cadichon Pirilampo (13:38)!!!

    ResponderExcluir
  10. Dr. Inácio, não sendo André Luiz um espírito comum, entre muitos atributos, revela também uma consciência desperta, indicando-lhe que Elisa é um marco na sua vida e que jamais poderá ser ignorada,sob pena de ele não poder avançar, em sã consciência, passos significativos nas conquistas espirituais.Sua mãe ao revelar-lhe a sua decisão de ajudar Laerte a redimir-se perante as entidades femininas, estava indiretamente sugerindo que algo muito semelhante o esperaria num futuro: recebendo Elisa talvez como esposa, talvez como filha. Tarde ou cedo temos de prestar contas, porque o tribunal implacável da nossa consciência não deixa de tilintar a campainha lembrando-nos de algo aparentemente esquecido. É da Lei que paguemos a dívida até ao último ceitil. Muito grata como sempre. Abraço carinhoso à equipa. Noémia

    Desejo, com muita fraternidade e carinho, ao Dr. Inácio, Carlos Baccelli e demais internautas, FELIZ NATAL, com muitas bênçãos do Luminoso Mestre Jesus.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia, Amigos Espirituais visíveis e invisíveis! Amor, Luz e Paz! Noémia José (20-12-2017 13:23). Parabenizamos os seus arrazoados de Aquém no que se refere à mensagem semanal do Dr. Inácio Ferreira (IF) e a experiência de André Luiz (AL)! Agradecemos a gentileza de seus abençoado voto de "...FELIZ NATAL, com muitas bênçãos do Luminoso Mestre Jesus." Se você encontrar um Papai Noel comum numa loja ou, até mesmo na rua em seu local de residência ou em viagem, certamente ele dirá "Ho! Ho! Ho! Feliz Natalllll!!!" Bem, falando nele, seria interessante a leitura do artigo "Exame atesta idade de fragmento de osso que seria do 'Papai Noel'" (06-12-2017), de Sean Coughlan e publicado no BBC Brasil (Ciência)! Um abraço fraternal! Cadichon Pirilampo (10:54)!!!

      Excluir
  11. Olá a Todos, este topico bateu recorde comentarios... . Pelo jeito tocou em todos nós, que possamos refletir tal situação neste final de ano e nos proximos exitencias de Foras da Lei. Inte Mais....Boas festas.Sorocaba/sp

    ResponderExcluir
  12. Boa tarde, Amigos Espirituais visíveis e invisíveis! Amor, Luz e Paz! Você gostaria de ganhar um pouco de "bônus-horas" nesta sua jornada evolutiva neste abençoado Planeta Espiritual chamado Terra? Como? Nobres irmãos deste blog do Dr. Inácio Ferreira, permitam-nos divulgar o artigo "Voluntários interrompem rotina para levar carinho para quem tem menos" (23-12-2017 09:00:00 - O Dia online). Segundo esse notíciário, gente como a gente (espíritos, mentes, almas, etc...) estão realizando a diferença em suas cidades trabalhando como voluntários em Organizações Não Governamentais (ONG) como RioSolidário, Grupo Jovens Solidários, Voluntários do Bem e outros. Conforme se lê, essas pessoas são espíritos comuns, mas, na verdade, são "VIP = Very Important Persons = Pessoas Muito Importantes" no que estão realizando! Parabenizamos essas iniciativas desses irmãos e de outros em suas respectivas cidades, no Brasil e no mundo! Deus e Jesus Cristo abençoem a esses irmãos espirituais encarnados e desencarnados! Como diria um personagem famoso "Ho! Ho! Ho! Feliz Natal!!!" Um abraço fraternal! Cadichon Pirilampo (13:43)!!!

    ResponderExcluir