segunda-feira, 12 de fevereiro de 2018


COMO VOCÊ INTERPRETA?! – XLIV

Finalmente, no capítulo 44, André Luiz nos fala sobre a Dimensão das Trevas, ou seja, sobre a existência de um Planeta, subcrostal, denominado “Trevas” – de início, convém esclarecer que todas as Sete Esferas da Terra, ou Sete Dimensões, são desdobramentos naturais do próprio Orbe Terrestre.
André Luiz, assim, nos enseja, através de sua Obra Reveladora, verdadeira Revelação da Revelação: falar em Mundos Espirituais, no plural! O referido autor espiritual, através de Chico Xavier, pluralizou o Mundo Espiritual, dando maior significado as palavras de Jesus quando ensinou que há muitas moradas na Casa do Pai.
*
Solicitando explicações de Lísias, a respeito do que ouvira do Governador, em sua referência a Terra, ao Umbral e às Trevas, André registrou:
- Chamamos Trevas às regiões mais inferiores que conhecemos. Considere as criaturas como itinerantes da vida, Alguns poucos seguem resolutos, visando ao objetivo essencial da jornada. São os espíritos nobilíssimos, que descobriram a essência divina em si mesmos, marchando para o alvo sublime, sem vacilações. A maioria, no entanto, estaciona, Temos então a multidão de almas que demoram séculos e séculos, recapitulando experiências. Os primeiros seguem por linhas retas. Os segundos caminham descrevendo grandes curvas.
*
Em obras posteriores, não olvidemos que André Luiz ainda há de se referir à Dimensão do Abismo – notadamente na obra “Obreiros da Vida Eterna”! Conforme já tivemos ensejo de mencionar, a Obra Andreluizina nos leva a efetuar uma viagem no tempo – tanto nos leva ao Futuro, quando nos conduz à cidade de “Nosso Lar”, construída em zona superior do Umbral, quanto nos leva ao Passado, em seus preciosos relatos enfeixados no livro “Libertação”.
Há, ainda, em “Nosso Lar”, discreta menção a uma Quinta Dimensão, ou Terra, que é justamente aquela habitada por sua genitora, que, para estar com ele em “Nosso Lar”, carece de se materializar.
*
André, dialogando com Lísias, anota:
- Outros (espíritos), preferindo caminhar às escuras, pela preocupação egoística que os absorve, costumam cair em precipícios, estacionando no fundo do abismo por tempo indeterminado. Compreendeu?”
Atentemos para a questão do livre arbítrio que preside a evolução do espírito: “preferindo caminhar às escuras”! Vejamos quanto, por simples questão de preferência, ou de escolha, podemos nos atrasar por séculos e séculos – por milênios, mesmo!
*
Interessantíssima a pergunta de André:
- Entretanto, que me diz dessas quedas? Verificam-se apenas na Terra? Somente os encarnados são suscetíveis de precipitação no despenhadeiro?
Eis a preciosa resposta de Lísias, sobre a qual, infelizmente, muitos espíritas evitam refletir:
- Em qualquer lugar, o espírito pode precipitar-se nas furnas do mal...
No Mundo Espiritual, o espírito não apenas continua sujeito aos seus antigos carmas, quanto é passível de criar outros novos, porque a vida do espírito no Mais Além igualmente é presidida pela Lei de Causa e Efeito – no Mundo Espiritual também se planta e também se colhe!...
*
Cada vez mais se patenteia no estudo das Obras de André Luiz, pela lavra mediúnica de Chico Xavier, que a encarnação, para a evolução do espírito, não passa de mero detalhe, ou de um estágio a mais para o seu crescimento.

INÁCIO FERREIRA

Uberaba – MG, 12 de fevereiro de 2018.







21 comentários:

  1. Aécio Emmanuel César12 de fevereiro de 2018 04:07

    Bom dia Dr. Inácio e Baccelli. É, não adianta ter a razão se é nela é que muitos caem. Mas a Misericórdia Divina dá chances a todos para rever seus erros e procurar corrigi-los o mais rápido possível. Obrigado por mais uma aula. Para mim muito compensadora. Forte abraço. Aécio Emmanuel César

    ResponderExcluir
  2. Boa tarde Dr. Inácio e Baccelli. Realmente onde estivermos nosso EU também estará, crescemos e caímos dentro de nós mesmos. Como a força gravitacional puxa sempre para baixo é bom se esforçar de verdade se não quisermos ser sugados pela força centrípeta do nosso egoísmo e assim ir descendo sempre! Bjs.

    ResponderExcluir
  3. Bom dia dr Inácio e Baccelli
    É assim que vejo dr Inácio..de que a lei de causa e efeito vigora por todo universo..pelis infinitos mundos..
    Aprendemos que as leis De Deus..são infinitas..imutáveis..perfeitas
    Então naturalmente elas vigoram..
    Fiquei aqui matutando dr Inácio..naquele ensinamento de jesus ensinando para construir a casa sobre as rochas...e não sobre a areia...
    A gente tem muita ilusão sobre nós mesmos..
    Pensamos assim..eu não sou mais orgulhoso..consegui vencer o orgulho..
    Daí passamos por determinada situação que a vida nos coloca e percebemos ou não...que ainda não somos humildes..que somos orgulhosos disfarçados de humildes..
    Deus Nosso Pai é infinitamente perfeito...
    Nós nem conseguimos imaginar isso dr Inácio...quanto mais *ser*...
    Então eu penso que muitos de nós temos postura de bons...mas ainda não aprendemos a ser verdadeiramente bons..
    De que só caminha para frente..ou para o alto aquele que está disposto a aprender e reconhece isso..
    Será que já conseguimos imaginar quantas infinitas facetas tem o orgulho..o egoísmo por exemplo?
    Em cada mundo..suas lições..
    Em cada mundo..vivemos experiências que poderão ou não nos fazer crescer..
    Para mim dr Inácio só cai..aquilo que não tem firmeza..
    É a casa construída sobre a areia..
    Ontem mesmo eu lendo o livro vinha de luz onde Emmanuel nos ensina sobre uma passagem onde Jesus ensina:
    *vê pois..que a luz que há em ti não sejam trevas*...
    E no final da lição 33 Emmanuel nos ajuda a refletir sobre esse ensinamento de Jesus:
    *Vê com clareza se a pretensa claridade que há em ti..não é sombra de cegueira espiritual*
    Ótima semana
    Beijos
    Cris

    ResponderExcluir
  4. Dr Inácio...
    Jesus ensina em uma das bem aventuranças:
    Bem aventurados os puros de coração..porque eles verão À Deus...
    O senhor consegue imaginar essa pureza dr Inácio?
    Eu não consigo...
    Deixai vir a mim as criançinhas..porque é delas o reino dos céus..
    Então..pra mim dr Inácio..na minha cabeça..enquanto precisarmos utilizar nosso ajudante * perispirito*..seja em qual mundo for..estaremos arriscados a cair..
    O espírito puro...não necessita mais desse ajudante...
    E para mim dr Inácio...o maior ensinamento De Jesus..que é a base de todos..é a vigilância..
    Esse rico ensinamento de Jesus é o nossso protetor de quedas..
    Treinar o vigiar..é imprenscidivel na caminhada do espírito...
    Quando eu vigio...eu não durmo..estou atento..eu percebo..eu observo...eu reflito..eu assumo..eu enxergo..
    Então ahi eu posso evitar a queda..novos carmas..
    Cultivar tesouros no céu...é uma das lições de Jesus mais difíceis de aprender..
    Porque é preciso aprender a distingui-los..
    Porque esses tesouros...nenhum ladrão rouba..nenhuma ferrugem corrói..nenhuma traça rói...
    Beijos
    Cris

    ResponderExcluir
  5. Bom dia a todos!!!

    Meros detalhes, "simples" estágios de grãos da poeira cósmica. Mas juntando todos esses bilhões de pequenos detalhes, grãos cósmicos, estágios diversos, que bela obra temos a preciosa oportunidade de ajudar Jesus a fazer!!!

    Uma maravilhosa semana a todos os estagiários!

    ResponderExcluir
  6. Boa noite!, na paz!, tá tudo certo!!. Meus irmãos de ideal. Permitam-me aqui, voltar ao assunto que muito me inquietou, e vejo, precisa ser aqui de maiores esclarecimentos , para que não deixemos algo temeroso perturbar nosso campo mental. Assunto, que semana passada teve um ensaio entre 3 internautas que, minha consciência está sendo cobrada a deixar mais claramente nossa opinião, como ESPIRITO, hoje na Carne, e influenciado por amigos invisíveis, que intui-o, a quererem se faça esclarecer. Tudo indica seja da Pessoa hoje vestida em Divaldo Franco!!???. A quem está sendo cogitado o titulo de “coveiro do Espiritismo”, Em sendo ele?, perplexo ficarei mesmo!. Pois, faço necessário relatar aqui sobre minhas impressões de um passado (hoje), em relação a esse Espirito e Médium ostensivo, que tem como mentora a respeitadíssima Joana de Angeles. E recentemente foi escrito por Suely Caldas, também respeitada médium, uma biografia sobre a trajetória de Divaldo, com algumas incursões sobre Joana, ( Semeador de Estrelas). Que caso venha a se confirmar? , duas ou uma: Ou Suely também, foi envolvida na trama toda, e os relatos por ela captados, não passam de meras enganações e mentiras?, ou, o “coveiro do Espiritismo” hoje , encarnado , não trata-se de Divaldo Franco. Em sendo essa ultima hipótese?, eu, juntamente com o amigo Chegado, rogamos , por uma melhor elucidação das “letras”... Bom, fato é que: como pode isso se acometer? Estaria tudo tão malandramente engendrado?, situações que deixam nítido a total desprendimento desse espirito que hoje veste Divaldo, pois, sofre perseguições das mais algozes, por exemplo do “máscara de ferro”, e o doente, que ele trata suas infecções e das mais terríveis acessos acometidos , inclusive com tanto amor e carinho e ainda leva na cabeça o derrame de um urinol cheio de urina desse doente, vômitos; a doente que acolhe que a família deserdou; as obras caridosas; e etc..., ? algo que, pouquíssimos de nós ( eu mesmo), não me submeteria a uma situação dessas, e nem a 5% das que Divaldo se submeteu. Se isso, vier a se confirmar!, muito grande será a decepção e a incerteza do que de fato pode um espirito ser capaz de maquinar com intuito de enganar e arregimentar um nação inteira.
    Dai, fica a pergunta? Com qual propósito tudo isso? , como pode a falange maior da espiritualidade permitir isso? Qual será o intuito? , pois , sabemos que, nada é por acaso!, tudo tem um sentido nas linhas tortas, escrevendo certo !
    Por outro lado, percebe-se nítido, ao menos, aqui na casa espirita que estou engajado que: Quando se fala no Nome de Divaldo, veem varias reverencias em contra- partida, já, quando menciona, Inácio Ferreira, percebe-se uma total tentativa de mudar de assunto!!, como se esse nome fosse, algo !”proibido”.....Continua...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Dom Tamer! Li seus comentários todos e, assim como você, fiquei e ainda estou bastante inquieto com as colocações que o Inácio fez na semana passada. Estou organizando meus pensamentos para voltar ao assunto aqui no blog quando houver oportunidade. Não é de hoje que o Inácio e o Baccelli fazem críticas ao elitismo crescente dentro do movimento espírita mas, dessa vez, as críticas foram muito além do que eu imaginaria nos meus mais terríveis pesadelos rsrsrsrsr... (um pouco de humor para desanuviar...). Tenho várias considerações a fazer sobre o que foi colocado mas, como lhe falei, ainda estou organizando minhas ideias.

      Abraço!

      Excluir
  7. ...Continuação - Pois bem , vou ao meu relato: sempre tive em mente , um Divaldo como sendo um "almofadinha " , médium das elites, exatamente na mesma propositura está sendo aqui ele delatado. No entanto , nunca eu o havia participado de suas palestras e ou mesmo lido algo a seu respeito . Era um "carimbo" seco , intuitivo !? Sei lá !!!. Bom, por percalços do destino , conheci da cidade espiritual em Goiás, Palmelo, onde , durante um tratamento , me foi dito por intermédio da médium , qye eu, teria de trabalhar , e que, seria portador de uma mediunidade de "incorporação ", o qye me causou um baita desconforto , inquietações, pois, não vejo, não falo , não ouço , não escrevo , muito pelo contrário , sou um observador e "crítico " , até mesmo , muitas vezes irresponsável, do espiritismo !!, como poderia ter mediunidade ostensiva !??? Impossível isso !!!. Me foi dito também , qye deveria procurar uma casa espírita séria para trabalhar ! Tá certo !! Vamos lá então !! Onde mais eu poderia elucidar essas indicações !? A não ser na casa espírita a qual eu havia iniciado e concluído um ciclo dos estudos sistematizados? Fui então , aqui no DF de volta a CEsB, onde fui recebido por velhos conhecidos e conduzido a uma entrevista com dirigente da DED. Durante a conversa , o mesmo me orientou a acalmar o coração , e mudar a expressão de médium de incorporação para médium psicofônico , o qye soaria melhor a meus ouvidos ( preciso colocar aqui qye, sou portador de uma deficiência auditiva que já perdi 50%, e qye inevitável irão os outros 50% , e conforme diagnóstico médico , sem causa clinica , não podendo inclusive fazer uso de aparelhos auditivos , porque, também tenho diagnóstico de uma síndrome vasoplegica, que impede uso desses dispositivos) continua...

    ResponderExcluir
  8. ... continuação - Bom, fui então conduzido a fazer uma complementação de estudos no trato da mediunidade. 2 semestres e depois mais um semestre de curso de passes magnéticos. Pois bem, no segundo semestre, foi indicado o Livro SEMEADOR DE ESTRELAS, por Suely Caldas, que é uma espécie de biografia de Divaldo. Onde eu, com muita resistência, mas, convicto de que necessário se fazia eu ler com atenção e visão critica, desarmada de qualquer sentimento mais impuro, no sentido de , confirmar, ou, apascentar meu coração em relação e esse Médium, ao qual eu possuía uma certa, ”aversão”. Fato é que, eu, já até fiz aqui mesmo nesse blog, um texto, me redimindo sobre essa questão, e assumi literalmente, ter mudado minha opinião sobre o Médium Divaldo Pereira Franco. Ao, que tudo indica, nas “entrelinhas “ do livro, Divaldo possa ter sido um filho de Joana, onde os dois foram queimados em fogo, vivos, por um ideal cristão, em meados nos anos 50 DC, onde Joana vestiu Joana Decusos. Ou seja, num período, onde os seguidores de Jesus, foram feitos mártires pela causa. E dai, adveio uma inspiração nesse pobre espirito aqui, onde , fazendo uma conciliação entre, Médiuns/Mentores nessa época, e nos dias de hoje, onde tivemos : Emanuel/Chico e Joana/Divaldo. Pais e filhos, dando continuidade a vidas passadas em aprendizado e entrosamento perfeitos, no trato um com o outro. Pois teríamos: um Emanuel (apaixonado) e sua filha, Chico, nas mesmas linhas de conduta, por outro lado, Joana (letrada, intelectual) e seu filho , Divaldo, numa linha parecida, ou seja, um Médium Elitizado!. Será , me fiz entender??. Obvio, Emanuel, Chico, trazem na bagagem, vestimentas de alto grau intelecto, mas, a conciliação cabe na atual encarnações desse quarteto. É como que, se, os Pais, tivessem instruindo seus filhos a evolução intelecto/Moral, ou algo nesse sentido. Bom, me falha aqui, alguns termos mais aguçados, mas, o resumo, creio , seja esse. Dai, cabe aqui, um ESTUDO mais apurado dessas questões, que muito interessam a todos nós, pois, é de grande valia , as benções de Deus, nos permitindo, estudar encarnações passadas de espíritos em destaque, não com intuito de curiosidade promíscua, mas sim, com intuito de um estudo sério que será de grande valia para nossas pretensões futuras. Peço aqui desculpas, pelo longo texto, agradeço a paciência, e sirvo-me das palavras do nobre irmão Cadin-Piri. “ não descartamos a possibilidade estarmos enganados”. Que Deus nos abençoe!!!!.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia, Amigos Espirituais visíveis e invisíveis! Amor, Luz e Paz! Dom Tamer (13-02-2018 14:41, 14:42-14:43). Lemos os três textos de sua autoria nesta semana sobre essa questão do "...coveiro do Espiritismo na França..." estar reencarnado no Brasil conforme expresso em "Como você interpreta?! - XLIII", na semana passada. Permita-nos um relato pessoal: no fundo de nossa residência existe um pé de goiaba meio velho. No seu caule, há um buraco onde abelhas do tipo africanas (imaginamos que sejam deste tipo e observações de terceiros) fizeram a sua colmeia. Elas nos atacam quando nos aproximamos dessa colmeia a fim de colher água numa cisterna próxima. Por que contamos esse detalhe em nosso meio ambiente? Bem, podemos estar enganados, mas esse caso do suposto "coveiro do Espiritismo" sendo A, B ou C enquadra-se de forma semelhante à colmeia daquele tipo de abelhas mencionado por nós num pé de goiaba vermelha. Qual deve ser o nosso comportamento diante de inusitado acontecimento no Movimento Espírita? Provavelmente, muito trabalho e vigilância, rogando a Deus, a Jesus Cristo e aos Bons Espíritos as bênçãos para todos os envolvidos no desagradável caso, seja do presente ou do passado! Sobre abelhas africanas, indicamos para leitura o artigo "As abelhas africanizadas fazem jus ao apelido de abelhas assassinas?" (10-12-2015 - Henry Nicholls - BBC Brasil.com). Não se trata de omissão, ficar em cima do muro ou outro tipo de atitude. Essa é a nossa opinião. Um abraço fraternal! Cadichon Pirilampo (10:44)!!!

      Excluir
    2. Boa tarde! Na paz!! tá tudo certo!. Nobre irmão, Cadin Piri. Grato, pela participação!!. Sabe bem, o quanto eu respeito sua opinião (" pitacos") kkkkkkkkk. No entanto, nesse caso, peço-lhe perdão pelo contraditório. Mas, não creio, devamos deixar por conta dos Bons Espíritos, Jesus e de Deus somente!. Estou sim, rogando a eles também!!. Em verdade, não sei porque cargas d água estou por demais querendo ver esse assunto elucidado de imediato, mas, estou!! e gosto muito de seguir minhas intuições!! Vou atras dos detalhes!, pode até não ser a melhor opção! no entanto, me sinto no dever. Grato!!!.

      Excluir
  9. Boa tarde!!, na paz!!, tá tudo certo!. Irmãos de ideal. O fato está por demais preocupante. Creio, e rogo, ao moderador, intervenha, por intermédio de Inácio, para que possamos ter uma pausa no Estudos de “Nosso Lar”, para podermos apascentar com esclarecimentos e investigações mais amiúdes, dos fatos e assunto em questão!. Pois, atentemos !!, a frase utilizada por Inácio “ Coveiro do Espiritismo”. COVEIRO, esse nada mais faz do que, cavar e concluir o sepultamento de algo que já está MORTO!!. Assim, a função de COVEIRO, pode não ser tão desgraçada assim!. De minha parte, particularmente ( em sendo mesmo Divaldo), continuo com as mesmas impressões ADOCICADAS de seu trabalho Mediúnico, no entanto, alterei a minha forma irresponsável de “julga-lo”, passei a respeitar por demais sua missão e trabalho Mediúnico. Na verdade, pode até mesmo ser que, ele próprio tenha “progredido” no trato da mediunidade, da mesma forma que, o próprio espiritismo tem essa necessidade de atualizar-se perante a situação hoje que nos encontramos, onde, nítido e notório, estamos vivendo uma transformação magnânima em todo ORBE. Ontem mesmo, em conversação com uma amiga de ideal, ela relatou algo bem interessante, quando eu questionei sobre a necessidade uma “atualização na codificação” como vem sugerindo alguns colegas, aduziu ela : “ Domingos, de fato, eu creio também, precisa a codificação ser complementada, no entanto, a quem a falange da verdade, que serviu a Kardec a 160 anos, iria hoje confiar essa complementação??, me aponte, um encarnado hoje, nessa condição de ser o mediador da espiritualidade maior, nos mesmos moldes necessários a grandeza da empreitada??”. De Fato!!!, bem colocado pela amiga!!. continua...

    ResponderExcluir
  10. ...continuação - Na minha humilde, mas, consciente opinião, creio eu, tenha esse direito de opinar , como espirito, que: O espiritismo está mesmo numa derrocada, por conta dos mesmos erros cometidos a 2.000 anos, pela nossa antecessora. Espiritismo assumiu durante esses anos no tripé de sustentação, a função “religiosa”, como sendo a base, e com ela, vieram os mesmos erros possíveis. Passamos a achar que somos os donos da verdade e que detemos o privilegio de sermos ‘CARIDOSOS”. No entanto, qual conceito de caridade adotamos?? Vejo, posso estar errado, que adotamos uma caridade voltada a mesma filosofia que os políticos fizeram com as tais “Bolsas esmolas”, ou seja, criamos uma dependência psicológica e predatória desses irmãos que a priori julgamos por necessitados. Vou aqui, arriscar a fazer uma comparação que, podem até julgar seja infeliz, mas, farei assim mesmo. Ocorreu o mesmo nas politicas adotadas nos presídios em nosso Pais, ou seja: Dar-se toda uma atenção e tratamento diferenciado a um preso, com, toda uma infraestrutura que esse mesmo delinquente não teve e não teria em liberdade, em detrimento do esquecimento daqueles a quem esses delinquentes fizeram por onde ali chegarem. Ou seja, muito “mordomia” e direitos humanos, que , os libertos não os tiveram com as mesmas proporções. Numa comparação, também, podem julga-la de infeliz, lá vai: Nós visíveis, por vezes, deixamos nossos irmão , também visíveis, carecendo de uma CARIDADE de nossa parte, numa conversação, ou atitude de carinho, para deslocarmos a uma casa espirita, com prazer, para comunicarmos com os invisíveis, revestidos da certeza de que, estamos fazendo uma caridade. Ou seja, deixamos o próximo mais próximo, na carência , para atendermos aos mortos, que, diga-se de passagem, é bíblico,: “ deixemos que os mortos cuidem dos mortos e os vivos dos vivos”, e ainda acentuado pelo fato de que, somos sabedores , temos 4 vezes mais mortos do que vivos no orbe, ou seja, não estamos dando conta de cuidar dos vivos e queremos cuidar dos mortos , onde tem eles, maior numero para cuidar deles mesmos!!. E ai, como fica isso????.

    ResponderExcluir
  11. ... continuação - São perguntas que, procuro respostas. Talvez, esteja na hora de mudarmos nossos conceitos ortodoxos e em prol de uma nova era, com atos mais no campo do espirito em si e não no corpo, tudo indica, o planeta está rumando para um conceito mais ESPIRITUALISTA e não espirita, porque, espirita mesmo, creio, só Jesus o foi. Inclusive, ressalto aqui uma colocação de amiga internauta, a umas duas semanas, onde ela coloca; “... vejo as pessoas no trato com os semelhantes, quando se aproximam, olham com olhos no corpo físico, quase ninguém, olha inicialmente ao outro, procurando enxergar o espirito!!!”. Interessante isso não!!!. Me intriga muito, o fato de Joana de Angelis, espirito gabaritado, que, inclusive, parece foi uma das participantes da codificação junto com espirito de verdade, não ter a visão do traçado está sendo dado pelo médium que ela menta com carinho. Vejamos que, tudo pode sim, estar sendo angelicalmente traçado por uma equipe em consonância com o que de melhor virá para um todo. Pois, Joana, um espirito, exigente no trato da educação e intelecto, tendo inclusive sido testada por Divaldo, do porque ela era tão difícil, de ser compreendida pelos mais desprovidos ?, tendo ela , explicado que todo espirito tem obrigação de se evoluir intelectualmente e deixar de preguiça. Não estaria ai, os motivos que possam ter feito Divaldo mudar seu “modo operantes” ?? , porque, sinceramente, vejo mesmo a psicologia,, psiquiatria e mediunidade, muito interligadas, alias, o próprio psicoscopio, anunciado por André Luiz, vem de encontro a essa irmanação entre os estudiosos dessas área, afinal, estamos nós, carentes desses 3 seguimentos: médiuns, psicólogos e psiquiatras, porque, estamos sim, todos doentes da mente, pensamento ( matéria ne!?) da alma. Se o corpo não padece, não procuramos por onde buscar socorro, cuidemos da alma em primeiro lugar. Assim, qual seria um melhor conceito de caridade?? Esse conceito, se amplia a uma necessidade viral de enxergarmos no próximo mais próximo, seu espirito, e não seu corpo físico.

    ResponderExcluir
  12. Estou de volta aqui, porque, esse assunto, está me deixando , deveras, avexado. Se, se confirmar está Divaldo sobre influencia das trevas ou mesmo que seja um espirito trevoso!!!. Então, diante do que Inácio subscreveu essa semana: "...Solicitando explicações de Lísias, a respeito do que ouvira do Governador, em sua referência a Terra, ao Umbral e às Trevas, André registrou:
    - Chamamos Trevas às regiões mais inferiores que conhecemos...". Estamos então, sem a menor duvida, aqui na terra, na função de visíveis, no maior UMBRAL GROSSO no Planeta. Isso aqui, é então, o "inferno", e não marte!! como consta na codificação. Eu heim!!!, não quero voltar aqui mais, nem com reza braba!!!!. Por essas e outras, que defendo mesmo: Um melhor entendimento da função riquezas, dinheiro, etc... e também, uma remuneração sim, aos médiuns, por uma dedicação mais exclusiva nas casas espiritas, pois, elas se transformaram em verdadeiros HOSPITAIS PSIQUIÁTRICOS , estamos todos doentes!!!...

    ResponderExcluir
  13. Queridíssimo Dr. Inácio, trevas e abismo são locais que nos inspiram pavor. As descrições de André Luiz dessas zonas, muito especialmente em "Libertação", é de arrepiar. Quanta inspiração para colher numa Cidade como Nosso Lar! Aonde se aprende a viver com o estritamente necessário, se aprende a solidariedade para com todos, em que todos trabalham no interesse do colectivo, se aprende o desapego. Todos têm habitação comida e roupa garantidas, se ocupando exclusivamente dos interesses do Espírito. Há que Céu! E diga-se adeus às trevas e abismo. Até parece um passe de mágica. Muito grata como sempre. Abraço carinhoso à equipa. Noémia

    ResponderExcluir
  14. SILVANO / SOROCABA SP15 de fevereiro de 2018 02:59

    Olá a todos, atualizar Obras de Kardec " A Codificação" é só ler as Obras de Chico Xavier, ele é a continuação. Sou leitor de Divaldo Franco " Joanna de Angelis, Bezerra de Menezes e outros " o estilo aplicado de sua literatura é diferente de "Chico" e sua obra social " mansão do Caminho e Salvador " eu tenho certeza que Divaldo é umas da Frentes do Espiritismo no Brasil e no Exterior.//Silvano / Sorocaba/SP

    ResponderExcluir
  15. Bom dia a todos!!!

    Perguntar não ofende (às vezes) e se queremos e procuramos evolução como seguir adiante sem perguntar??? 

    Aqui um trecho de uma prece que considero das mais inspiradas de toda a Humanidade. Caritas, que como sabemos é Joana, e participou da Codificação. Uma prece pequenininha, que está no livro de Madame w. Krell Rayonnements de la Vie Spirituelle: Science Et Morale de la Philosophie Spirite na pg 101. Uma Priere, uma prece, pequenininha e enorme!!!

    Deus dai-nos a força de ajudar o progresso a fim de subirmos até vós! Dai-nos a caridade pura, dai-nos a fé e a razão! Dai-nos a simplicidade que fará de nossas almas um espelho onde se refletirá sua imagem!
    Carita

    Dai-nos a fé e a razão, ou seja, a inteligência, intelectualidade e raciocínio para aplicarmos a fé e a caridade.

    De minha parte, conheci Divaldo pessoalmente por volta de 1983, quando morando em Salvador minha ex-mulher insistia comigo que fossemos à sua reunião num galpão na Cidade Baixa. E eu, querendo saber tudo e não sabendo nada, após as reuniões, ia até Divaldo e ficava enchendo ele de perguntas daquelas que só iniciante faz, e com sorriso, com calma, com tranquilidade ele me respondia a todas.

    Morei outras vezes em Salvador, por alguns anos e nunca mais vi Divaldo pessoalmente. Mas não começo nenhum de meus dias aqui nessa dimensão sem a Prece de Caritas.

    E, na minha humilde opinião, se deve existir algo que possamos fazer para justificar o esforço e ineditismo de Dr. Inácio e de Baccelii é discutirmos nossas ideias aqui neste generoso espaço.

    Abraços a todos!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia, Amigos Espirituais visíveis e invisíveis! Amor, Luz e Paz! Schico (15-02-2018 08:15). Permita-nos selecionar o primeiro parágrafo de sua digressão: "Perguntar não ofende (às vezes) e se queremos e procuramos evolução como seguir adiante sem perguntar?..." Muito interessante este seu questionamento! Ilustraremos o mesmo com o artigo "Enigma matemático indecifrável em prova para crianças viraliza e gera polêmica na China" (16-02-2018 - Destaques e Análises). Segundo esse artigo, "...A justificativa foi de que o objetivo era estimular o 'pensamento crítico' dos alunos...". Considerando esse contexto estimulante chinês (e semelhante de alguma forma com os 'insights' mencionados por Fritjof Capra (FC,1939-....) em "O Tao da Física" e outros livros). Mesmo este autor, foi muito criticado pelos seus pares e outros devido ao pensar criativo estimulante e em paralelo com os conceitos orientais ('koans') e a Física Moderna! Nesse sentido, os assuntos comentados pelo Dr. Inácio Ferreira são considerados polêmicos porque, na maioria das vezes, cada um de nós parece sofrer de uma espécie de 'amnésia doutrinária' por desconhecermos o conteúdo espírita na sua verdadeira pureza! Destaquemos que falamos de pureza doutrinária no verdadeiro significado e não da 'pureza doutrinária' defendida por supostos espíritas ortodoxos (muitos não gostam deste termo)! Lendo esses escritos de Capra, percebemos que Allan Kardec (AK) também relacionou paralelismo entre a Filosofia Oriental e a Filosofia Espírita em vários artigos publicados na Revista Espírita entre 1858 e 1868! Um exemplo é o artigo "Doutrina de Lau Tseu - Filosofia chinesa", publicado na Revista Espírita de outubro de 1868 (FEB, IDE, LAKE, etc...)! Nesta linha de pensar de AK sobre Lao Tseu, destacamos o que FC escreveu em "O Tao da Física", capítulo 2 - Conhecendo e vendo -: "Aquele que busca a aprendizagem crescerá a cada novo dia; Aquele que busca o Tao decrescerá a cada novo dia." Neste mesmo capítulo, quanto à forma de linguagem oriental, FC escreveu "...no Zen Budismo com seus koans, enigmas absurdos utilizados pelos mestres Zen na transmissão de seus ensinamentos..." Aparentemente o que escrevemos não tem sentido algum, mas em sua 'profundidade' e não descartamos a possibilidade de estarmos errados! Prossiga nos seus arrazoados de Aquém!!!! Um abraço fraternal! Cadichon Pirilampo (10:47)!!!

      Excluir
    2. Bom dia a todos!!!
      Obrigado pela dica CP! Fui lá ler AK citando Lao-Tseu (LT?). Mas AK disse mais:
      "Os trabalhos desses homens, que aparecem de vez em quando entre os povos, como meteoros da inteligência, jamais são estéreis; são sementes que ficam durante longos anos no estado latente, que não aproveitam senão a algumas individualidades, mas que as massas são incapazes de assimilar. Os povos são lentos em se modificar, até
      o momento em que um abalo violento venha tirá-los de seu torpor."

      Dentro dos ciclos, será esse nosso momento atual?

      Abraços a todos!!!

      Excluir
  16. Boa tarde! Na paz!! tá tudo certo!!. Nobre Irmão, Silvano. Grato pela participação no assunto!. Vamos lá, internautas do Blog!!!. Deem seus "PITACOS". Deixem o medo e receio de lado, esse é um momento importantíssimo pata todos nós!. ESE nos fala sobre os Trabalhadores de ultima hora, o quanto importante para a doutrina assumirmos uma postura "corajosa" e de bom senso. arregacemos as mangas, e Vamos elucidar esse caso de uma vez por todas!!. Eu, particularmente!, doravante, vou persistir no assunto, até que esses fatos sejam devidamente esclarecidos!. Como eu já disse, não "morro" de amores por Divaldo!, mas, não por um acaso, passei a admira-lo e respeita-lo!. Por outro lado, essa sim, AMO!! a Doutrina dos ESPÍRITOS!!!...

    ResponderExcluir