sábado, 31 de março de 2018


COMO VOCÊ INTERPRETA?! – LI

Na sequência do capítulo 47, de “Nosso Lar”, Dona Laura confidencia ao Ministro Genésio o teor de seus outros dois receios em sua intenção de reencarnar, acompanhando a Ricardo, o esposo, que já se encontrava reencarnado.
O 1º receio, conforme vimos, era alusivo ao esquecimento do passado, alegando que tinha medo de reincidir em velhos erros, que ela considerava na condição de úlceras mal cicatrizadas. Em resposta, o Ministro, que estava representando o Governador, lhe diz: “Não ignoro o que representam as sombras do campo inferior, mas é indispensável coragem, e caminhar para diante. Ajudá-la-emos a trabalhar muito mais no bem dos outros, que na satisfação de si mesma. o grande perigo, ainda e sempre, é a demora nas tentações complexas do egoísmo.”
O trabalho em favor do próximo é poderoso auxílio para que o espírito reencarnado supere o esquecimento específico de seus compromissos espirituais, de vez que, procurando ser útil aos semelhantes, ele estará estabelecendo defesas naturais contra o olvido de seus deveres.
*
Em seguida, continuando a dialogar com o Ministro, ela se refere ao seu 2º receio: a influência do meio. O seu 2º receio, evidentemente, seria consequência do 1º, pois, a influência do meio é que nos facilita o esquecimento de nossas obrigações espirituais com a Vida. E, sem dúvida, a influência do meio, chega a ser mais difícil a ser superada que o esquecimento do passado – o olvido temporário, não raro, chega a ser benéfico para o espírito, mas, em um orbe de provas e expiações, a influência do meio é muito difícil de ser vida: as tentações, os arrastamentos, as oportunidades de cair, os atalhos que a estrada oferece, a formação educacional que, por vezes, não concorre para a espiritualização da criatura...
*
E, por fim, Dona Laura expõe ao Ministro Genésio, o seu 3º receio, ou medo, na reencarnação: a questão dos ascendentes biológicos, ou da herança genética que lhe tocaria na formação de seu novo corpo...
Realmente, nem sempre, ao reencarnar, o espírito logra sobrepor-se à matéria – na maioria das vezes, ele se sujeita, integralmente, às leis da hereditariedade. E sabemos, sem nenhuma ideia de eugenia, que existem corpos que não facilitam o aprendizado do espírito – ele pode reencarnar debaixo de limitações físicas imperceptíveis, que, inclusive, podem interferir em seu estado de ânimo nas atividades que deve exercer. Existem organismos, por exemplo, mais predispostos a desenvolverem determinados vícios...
*
Veja-se caro (a) internauta, como a questão da reencarnação é complexa, e não se trata, simplesmente, de “entrar em um novo corpo formação”... O espírito consciente de que a reencarnação é uma “tentativa de magna importância”, preocupa-se com os detalhes de sua volta ao corpo. Falando a respeito do assunto com o Ministro, Dona Laura lhe diz: - “Ah, é verdade (...), pedi essa providência para que não me encontre demasiadamente sujeita à lei da hereditariedade. Tenho tido grande preocupação, relativamente ao sangue.”.
Dona Laura, mãe de Lísias, era uma das benfeitoras da comunidade de “Nosso Lar”, e certos cuidados, por méritos seus, estavam sendo tomados em seu processo reencarnatório. Imaginemos, no entanto, o espírito que volta a Terra sem contar com nenhum mérito de sua parte, e que, portanto, deve se sujeitar às condições disponíveis – certamente, para ele, a partir de seu próprio corpo, torna-se muito mais difícil lidar com as adversidades.
Veja-se quanto é complexo o problema da reencarnação, no sentido de que o espírito supere os embaraços que lhe têm sido impostos pela sua própria imperfeição.

INÁCIO FERREIRA

Uberaba – MG, 2 de abril (*) de 2018
(*) Data de Nascimento do Médium Chico Xavier – a ele o nosso carinho e a nossa gratidão.


14 comentários:

  1. Bom dia a todos!

    Desculpem voltar a uma observação que fiz anteriormente sobre um filme americano Made in Heaven. Volto a ele, pois imediatamente ao ler os dois posts sobre os receios de Dona Laura quanto à nova encarnação, esta situação, que se passa no filme, me voltou à mente.

    Como para outros seres humanos espiritualistas com uma cultura muito diferente de nós espíritas brasileiros estes fatores são encarados sob uma abordagem tão mais simples e natural. Tudo bem, era um caso excepcional, mas o de Dona Laura também é. E acredito que não seja tão incomum quanto parece à primeira vista.

    Para quem não conhece o filme, uma parte se passa num plano espiritual acima - numa cidade tipo Nosso Lar - e lá um rapaz que desencarnou a pouco tempo conhece uma moça que nasce pela primeira vez, ou encarna pela primeira vez (da maneira que bebês nascem aqui) naquela dimensão acima da nossa atual. Lá se relacionam e ela tem de cumprir seu objetivo, que óbvio, era a encarnação na matéria. Ele desesperado pede por tudo pra acompanha-la. E não faz exigências. Me deixa voltar, só isso. Bom o Amor é poderoso, mas não facilita as coisas...

    E aí está a chave: tanto para Dona Laura e Ricardo como para nosso "astro cinematográfico" e seu "anjo" encarnado o que conta é o Amor. E bola pra frente!

    - O que seria de nós sem nossos Amigos Espirituais?

    - Será que nosso egoísmo e centrismo - o Sol gira em torno da Terra; somos o Centro dos mais e melhores do Universo; e ouso até mais: uma parte do movimento espirita brasileiro engessando, impondo regras e comportamentos e hierarquias, esquecendo que o espiritualismo vem de muito mais acima - não se desvia de seu objetivo principal e chega a dificultar o entendimento de nosso objetivo neste planeta?

    - que tal estender o amor entre dois seres (tanto faz) para AMOR A TODOS OS SERES!!! No mínimo combina mais com um planeta de regeneração.

    Um grande abraço a TODOS!!!

    ResponderExcluir
  2. Bem, os dois primeiros receios devem ser de todos...pelo menos dos que já tenham alguma compreensão de si...digo...alguma ideia bem superficial...rs...o terceiro...não teria tal preocupação...talvez seja pela minha total desinformação do assunto... mas estamos falando de um ser com muito entendimento e abnegação...e so estou palpitando com certeza sem noção dos medos dela...

    ResponderExcluir
  3. Bom dia a todos!!!

    Prezado Baccelli, só hoje 2018-04-01 pude assistir sua palestra das terças feiras sobre o Nosso Lar e para minha surpresa você fala do mesmo filme! Paixão Eterna o titulo em português, que convenhamos não tem nada a ver paixão com amor, ou Made in Heaven no original. Como as coisas ficam em nossas mentes, eu assisti esse filme em 1992 e vira e mexe vejo de novo.

    Baccelli, você contou o final do filme!

    Notei tbm que seu fuso horário 10:44 saiu como 21:44. Em algum lugar entre Austrália e China... dia aqui, noite lá.

    Evangelho no Lar é o melhor momento da semana, pelo menos pra mim.

    Um grande abraço a TODOS!!!

    ResponderExcluir
  4. Boa tarde de Páscoa Dr. Inácio e Baccelli. Quero parabenizar o Manoel Roberto por mais essa conquista! Agora Dr. Manoel Roberto. E Domingas nova chefe da Enfermagem, caminho difícil mas cheio de aprendizados. Foi lendo seu último livro¨EGOS EM HARMONIA¨que fiquei a pensar: será possível intuir sobre os futuros egos? Tem hora que me vejo em um futuro distante, ou isso já se passou em Capela? A respeito da mensagem de hoje o meu caso é bem assim, reencarnei do jeito que deu, não tive méritos e ¨peguei o boi com o chifre e tudo¨como dizemos por aqui, de ter encontrado um lar por mais complicado que fosse. Reencarnar é para doidos ou corajosos, sou do primeiro adjetivo. Bjs.

    ResponderExcluir
  5. Bom dia Dr. Inácio e Baccelli!!

    Interessante estas reflexões em relação a reencarnação. Gostei muito!!

    Muito obrigado!!
    E parabéns a Chico Xavier só agradecer a DEUS a oportunidade de um espírito de amor reencarnar entre nós!!

    Obrigado e excelente dia e semana para todos nós!!
    Fiquemos com o BOM DEUS!! \O/

    Carlos A. Gomes

    ResponderExcluir
  6. Aécio Emmanuel César2 de abril de 2018 03:51

    Bom dia Dr. Inácio e Baccelli. Quem nos dera reconhecermos a importância da reencarnação como aliança do homem com Deus seu Criador. Deixo aqui também o meu humilde registro de carinho ao médium Chico Xavier pela sua data de nascimento hoje, 2 de abril. Esteja sempre conosco Chico. Forte abraço a todos. Aécio Emmanuel César

    ResponderExcluir
  7. 02/04/2018
    Dr. Inácio, Baccelli e internautas – muita paz!
    Em relação à reencarnação, o segundo receio de Dona Laura refere-se a influência do meio.
    No livro EGOS EM PAZ de (Baccelli/Inácio Ferreira) no capítulo 2 denominado Imenso Casarão (pag.27)Dr. Inácio nos informa que o subconsciente, ou inconsciente, é como um imenso casarão, povoado pelo o que já fomos em vidas pregressas, ou seja os diferentes “egos” que já animamos.”
    “Assim como a influência do meio físico é decisiva para a germinação de uma semente, a influência do meio moral pode trazer á tona da personalidade atual o reflexo das personalidades que já animamos em vidas transatas...”(pag.66)
    Segundo Dr. Inácio a questão da auto-obsessão, conforme o que tem visto em seu consultório, corresponde a cerca de 60% dos problemas atribuídos a obsessão. (Pag.17)
    Nas páginas 35 e 36 - Dr. Inácio nos escreve: “- O homem velho, ou seja, os nossos egos, que de fato, constituem uma legião, ainda respiram dentro de nós e nos espreitam – não raro, muitos deles se nos manifestam no cotidiano, em rápidas ou mais demoradas aparições, sobrepondo-se a nossa personalidade atual.”
    A partir desta informação D. Modesta concluiu ser extremamente difícil obter-se a resposta para a pergunta: Quem sou eu?
    A qual Dr. Inácio aparteou contando a seguinte história: “Que um dia o filósofo alemão Shopenhauer, caminhando por uma das ruas de Dresden, foi interpelado por um policial alemão, que notando o seu comportamento algo estranho, lhe perguntou – Quem é o senhor? A sua resposta, ao policial que lhe exigia a identidade, não se fez esperar: - Se o senhor souber responder a esta pergunta, eu lhe serei eternamente grato.”
    02 de abril Data do nascimento de Chico Xavier – a Ele muita gratidão!!!
    Abs.

    ResponderExcluir
  8. Cadichon Pirilampo2 de abril de 2018 06:03

    Bom dia, Amigos Espirituais visíveis e invisíveis! Amor, Luz e Paz! Parabenizamos, mais uma vez, o nobre Irmão Inácio Ferreira (IF) pela reflexão em torno do tema "A volta de Laura" (LUIZ, André. Nosso Lar. FEB, capítulo 47). Selecionemos o trecho assinalado por IF: "...Não ignoro o que representam as sombras do campo do inferior, mas é indispensável coragem e caminhar para adiante..." (Ministro Genésio). A fim de ilustrar essa declaração desse Irmão Espiritual, trazemos para os irmãos internautas o artigo "Malala Yousafzai [12-07-1997/....] volta ao Reino Unido após primeira visita ao Paquistão desde ataque" (02-04-2018 09h11 - Notícias/Mundo - Reuters - www.terra.com.br). Observemos o que é viver num meio ambiente, no caso de Malala, uma país envolto em "...sombras do campo inferior..." originadas de irmãos encarnados infelizes! Não nos esqueçamos de que Francisco Cândido Xavier (02-04-1910/30-06-2002) também teve situações conflituosas manifestadas por aquelas "...sombras do campo inferior..." (repetição proposital da ideia). Na atualidade (século XXI), nosso Planeta Espiritual chamado Terra também sofre muitíssimo os efeitos dessas influências sombrias. A solução? O Chico Xavier sempre lembrava "amar o próximo como a si mesmo", conforme o Mestre dos mestres orientava, a grande divisa que deveria estar escrita nos pórticos de cada cidade de nosso planeta! Aproveitamos para remeter nossos parabéns ao "Cisco" pela lembrança de seu aniversário por meio de muitos irmãos simpatizantes a ele! Deus e Jesus Cristo abençoem-no e a todos no seu campo de energia espiritual! Um abraço fraternal! Cadichon Pirilampo (09:59)!!!

    ResponderExcluir
  9. Cadichon Pirilampo2 de abril de 2018 14:16

    Boa tarde, Amigos Espirituais visíveis e invisíveis! Amor, Luz e Paz! Hoje, pela manhã, após o nosso café matinal espiritual (prece, solicitação de bênçãos e leitura de mensagens A, B e C), procuramos ler "Entre a Terra e o Céu" (FEB), de André Luiz (AL), pois havíamos lido a mensagem semanal de Inácio Ferreira ontem antes de dormir. Nossos "...olhos de ler..." (IF) pousaram no capítulo II - No cenário terrestre. Neste, AL traz-nos o diálogo entre Hilário e Clarêncio. Este comentava a prece refratada de Evelina, um Espírito que reencarnara sob a proteção de Amigos Espirituais de "Nosso Lar". Lendo a ficha dela, Clarêncio declarou: "...O nascimento e o renascimento, no mundo, sob o ponto de vista físico, jazem confiados às leis biológicas de cuja execução se incumbem Inteligências especializadas, contudo, em suas características morais, subordinam-se a certos ascendentes do espírito." Neste trecho, nós sapecamos a referência cruzada a obra "Nosso Lar", capítulo 47 em estudo por IF! Prosseguindo nosso estudo e leitura, notamos a observação de Hilário: - "Mas, indiscutivelmente, na reencarnação há um programa de serviço a realizar..." Então, Clarêncio esclareceu: - "Sim, sem dúvida, quanto mais vastos os recursos espirituais de quem retorna à carne, mais complexo é o mapa de trabalho a ser obedecido. Quase todos temos do pretérito expressivo montante de débito a resgatar e todos somos desafiados pelas aquisições a fazer. Nisso está o programa, significando em si uma espécie de fatalidade relativa no ciclo de experiências que nos cabe atender; (...)" Este trecho de Clarêncio explica possíveis dúvidas quanto ao caso de Laura em estudo, não é mesmo? Todavia, prossigamos com o pensamento vivo desse nobre Instrutor: - "...; entretanto, a conduta é sempre nossa e, dentro dela, podemos gerar circunstâncias em nosso benefício ou em nosso desfavor. Reconhecemos, assim, que o livre-arbítrio, também relativo, é uma realidade inconteste em todas as esferas de evolução da consciência. Não podemos olvidar, contudo, que, em todos os planos, marchamos em verdadeira interdependência. Nas linhas da experiência física, até certo ponto, os filhos precisam dos pais, os doentes necessitam dos médicos e os moços não prescindem do aviso dos mais velhos. Aqui, a habilitação depende dos educadores, o amparo eficiente exige quem saiba distribuí-lo, e a transferência de domicílio para trabalho enobrecedor, quando se trata de Espíritos sem méritos absolutos, reclama o endosso de autoridades competentes." Bem, acreditamos que a orientação de Clarêncio é muitíssimo interessante para a nossa compreensão dos temas "Como você interpreta?! L (da semana passada) e LI (desta semana)"! Porém, não descartamos o possível fato de estarmos enganados quanto à captação das ideias no ar! Um abraço fraternal! Cadichon Pirilampo (18:09)!!!

    ResponderExcluir
  10. Dr. Inácio, acho o Senhor "O CARA"!! Gostaria se puder escolher quando desencarnar trabalhar com o Sr., já tô querendo arrumar um emprego ai...rsrs
    Continua assim, adoro seu jeito...Um abraço!!

    ResponderExcluir
  11. Dr. Inácio, mais um aniversário de Chico Xavier se registando entre nós. Nunca será de mais celebrar a data do dia 2 de Abril. Tão poucos espíritas sabem quem foi Chico ou sentem o impulso de conhecer este Espírito. Ele esteve entre nós e pouquíssimos o reconheceram como o Apóstolo Amado de Jesus. Por falta de atenção e de estudo sério do seu trabalho de psicografia e do seu exemplo de vida, o Apóstolo amado, chegou, trabalhou, deixou as marcas do Cristo e partiu sem que a maioria dos espíritas questionassem quem foi esse homem.Repetirei o que o nosso querido Baccelli, em mensagem particular, escreveu e que muito me emocionou:" Acima de Chico, só o Cristo!" Absolutamente, verdade! Quando Chico pronunciava "Nosso Senhor Jesus Cristo", debulhava-se em lágrimas, tal a saudade e identidade com o Senhor. Muito grata, como sempre. Abraço carinhoso à equipa. Noémia

    ResponderExcluir
  12. Cadichon Pirilampo6 de abril de 2018 06:51

    Bom dia, Amigos Espirituais visíveis e invisíveis! Amor, Luz e Paz! Permitam-nos divulgar um artigo interessantíssimo que pode ampliar nossa compreensão ao trecho "...E, por fim, Dona Laura expõe ao Ministro Genésio...a questão dos ascendentes biológicos (...)" e "...Veja, caro internautas,(...) Falando a respeito do assunto com o Ministro, Dona Laura lhe diz: "...Tenho grande preocupação relativamente ao sangue...", na mensagem semanal de Inácio Ferreira (IF). O artigo é "Bacteria can pass on memory to descendants, researchers discover" (06-04-2018 - Melody Pupols (UCLA, Los Angeles) - httsp://phys.org/news/2018-04-bacteria-memory-descendants.html - Em tradução livre: "Bacterias podem transmitir memória aos descendentes, descobre equipe liderada pela UCLA"). No artigo, a autora escreveu "Liderados por cientistas da UCLA [Universidade da Califórnia, Los Angeles, EUA], uma equipe internacional de pesquisadores descobriu que bactérias têm uma 'memória' que transmite conhecimento sensorial de uma geração de células para outra, todas sem o sistema nervoso central ou quaisquer neurônios..." Logo depois, ela menciona a fala de Gerard Wong, um dos co-autores do estudo: "Esta é uma enorme surpresa para nós e para o campo." Mais adiante, Melody esclarece que "...Essas descobertas são um passo importante para entender infecções difíceis de tratar causadas por biofilmes bacterianos em pessoas com fibrose cística. A equipe estudou uma linhagem de bactérias chamada de Pseudomonas aeruginosa que forma biofilmes nas vias aéreas de pessoas com fibrose cística e causa infecções persistentes que podem ser letais..." Considerando essa pesquisa, tivemos a curiosidade de digitar no Google a expressão "enfermidades do sangue", encontrando algo como leucemia, linfoma e mieloma e explicação que essas enfermidades "...resultam de transformações anômolas durante as sucessivas mutações da célula hematopoiética..." (Dr. Herlânder Marques, médico oncologista e fundador da Associação Portuguesa de Leucemias e Linfomas - www.apll.org - artigo "Doenças malignas do sangue"). Célula hematopoiética "...é um processo...precursor celular comum e indiferenciado conhecido como célula-tronco ou stem cell..." (Wikipedia - hematopoiese) e aquela pesquisa convida-nos a uma releitura da obra "Evolução em dois Mundos" (FEB), de André Luiz, na qual se lê e estuda a evolução do corpo físico e do corpo espiritual (perispírito, psicossoma)! Essas "revelações" podem conduzir nossos arrazoados do Aquém em sintonia com os arrazoados do Além dos Amigos Espirituais, não é mesmo? Não nos esqueçamos de que podemos estar enganados! Um abraço fraternal! Cadichon Pirilampo (10;42)!!!

    ResponderExcluir
  13. Bom dia meus amigos.

    Destaquei,principalmente três trechos do texto para análise.
    1o :"sombras do campo inferior" - poderíamos interpretar como as sombras do passado que estão , ainda , muito vivas em nós e reclamar solução de nossa parte . (Estou encantado e muito agracecido ao Dr Inácio pelas obras " Egos em Conflito" e " Egos em Paz".tem nos ajudado muito !)

    2o: "Ajudá-la-emos a trabalhar muito mais no Bem dos outros , que na satisfação de si mesma," - a questão é tentar entender como os Benfeitores nos ajudam a seguir o caminho da caridade? O Baccelli e os espíritos que escrevem por seu intermédio , estão sempre a nos lembrar que o Chico dizia que, na Terra , quem não sofre não cresce e Médium que não apanha não produz a contento , então concluo que os benfeitores , para nos auxiliar , criam dificuldades para nós. Estranho né! Parece um contrasenso mas não é.

    3o:" tentações complexas do egoismo" -nos leva a pensar nas mil maneiras que o Egoísmo se disfarça para continuar sobrevivendo em nós.
    Somos especialistas em iludir a nós mesmos .
    Às vezes usamos como desculpa a família (faço isso pelo bem dos meus filhos) para continuar alimentando o objetivos que só trazem satisfação ao ego e ao orgulho próprio .
    O Homem Velho tenta de todas as formas se sobrepor ao HOMEM e impedir que o Homem Novo se torne realidade .
    Fiquem com Deus

    ResponderExcluir